Foto: Agência Brasil

O ministro da Secretaria do Governo, Geddel Vieira Lima, já entregou a carta de demissão à Presidência da República. A informação foi confirmada por assessor da Presidência pela Globo News. Na manhã desta sexta-feira (25), já era especulada (clique aqui e aqui) a saída do peemedebista, após o agravamento da crise gerada pelas denúncias do ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, que pediu demissão na última sexta-feira (18), alegando que Geddel o tinha pressionado para atuar junto ao Iphan para liberar parecer favorável à construção do empreendimento La Vue, na Ladeira da Barra, em Salvador.  Na carta, Geddel afirma que voltará à Bahia "diante da dimensão das interpretações dadas" e pede desculpas a Temer "aos que estão sendo por elas alcançados". 

Foto: Reprodução / Blog do Anderson

Uma decisão de reintegração de posse desta sexta-feira (25) em caráter liminar determina a desocupação do campus da Uesb [Universidade Estadual do Sudoeste]. A unidade de ensino superior está ocupada há 34 dias por manifestantes contrários à PEC 55 [Proposta de Emenda à Constituição] que limita gastos públicos em até 20 anos. A decisão, do juiz Ricardo Frederico Campos, desta sexta obriga que o grupo deixe as dependências da universidade em 24 horas. De acordo com o Blog do Anderson, a ação foi proposta pelo Movimento Liberta Uesb, de estudantes contrários à ocupação do espaço. 

Foto: reprodução

O Ministério Público Federal do Amazonas denunciou 16 pessoas acusadas de envolvimento em um esquema de desvio de mais de R$ 50 milhões de recursos públicos da saúde do estado. A atuação do grupo foi descoberta pela Operação Maus Caminhos, deflagrada no dia 20 de setembro pela Polícia Federal com a participação da Controladoria-Geral da União (CGU). A organização criminosa tinha contratos firmados com o governo do Amazonas, em nome do Instituto Novos Caminhos, para a gestão de três unidades de saúde na capital e nos municípios de Tabatinga e Rio Preto da Eva. Segundo o procurador da República Alexandre Jabur, que concedeu entrevista coletiva hoje (24), as investigações mostraram que não havia controle do estado em relação à gestão dos contratos. “Tanto a contratação como a fiscalização dos trabalhos desse instituto foram falhas, no nosso modo de ver, porque nós tivemos afluxo muito grande de recursos e um controle pífio do governo do Amazonas desde o início até o momento da deflagração da operação. A responsabilidade dessas pessoas que eventualmente contrataram, assinaram alguns contratos e, inclusive, analisaram prestação de contas vai ser analisado com toda certeza”, disse Jabur. A denúncia é baseada, principalmente, em informações bancárias e fiscais, interceptação telefônica, contratos e em documentos obtidos nas buscas e apreensões. De acordo com o procurador, chamou a atenção os altos valores de saques em espécie feitos pela organização e a vida de luxo dos integrantes, especialmente do médico e empresário Mouhamad Moustafa, acusado de ser o líder do esquema e que está preso. As provas também revelam a participação de pelo menos 11 policiais civis e militares, que ainda não foram denunciados. “Foi identificado que, por meio do uso de policiais civis e militares, essa organização se protegia e ao mesmo tempo utilizava esses policiais para finalidades ilícitas, como transporte de dinheiro sacado em instituições bancárias e até nós tivemos a notícia de um episódio de tortura de um membro da organização que havia roubado algum dinheiro da organização”, informou o procurador. Dos 16 denunciados pelo Ministério Público Federal do Amazonas, 12 estão presos. As penas dos envolvidos no esquema podem variar de 12 a 20 anos de prisão. No caso do médico Mouhamad Moustafa, a pena pode ser superior por ele ter liderado a organização criminosa. Após a Operação Maus Caminhos, a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) suspendeu os contratos com o Instituto Novos Caminhos e assumiu a gestão das unidades de saúde. A reportagem solicitou um posicionamento da pasta e aguarda retorno. Em nota, a Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) respondeu pelas polícias Civil e Militar. A pasta informou que, por se tratar de uma investigação sigilosa, ainda não teve acesso aos autos do processo, mas assim que receber, a Corregedoria Geral do Sistema de Segurança deverá tomar as providências cabíveis na esfera administrativa. A SSP-AM declarou ainda que o mesmo procedimento deverá ser adotado pela Diretoria de Justiça e Disciplina da Polícia Militar para apuração na esfera criminal. Mauro Martins, um dos advogados que representam o médico Mouhamad Moustafa, informou que também que não teve acesso à denúncia do MPF-AM.

 

Foto: reprodução

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, disse hoje (24) que o governo prevê um aumento significativo de casos de infecção pelo vírus Chikungunya no Brasil em 2017. Os casos confirmados da doença aumentaram 15 vezes de 2015 para este ano (de 8.528 para 134.910) e os suspeitas, quase dez vezes (de 26.763 para 251.051). Barros destacou ainda que, para 2017, a expectativa da pasta é de que os casos de infecção por dengue e pelo vírus Zika se mantenham estáveis em relação ao que foi registrado em 2016. “Estamos nos preparando para um aumento de casos de chikungunya”, enfatizou o ministro. Este ano, pelo menos 138 óbitos por febre chikungunya foram registrados nos seguintes estados: Pernambuco (54), Paraíba (31), Rio Grande do Norte (19), Ceará (14), Bahia (5), Rio de Janeiro (5), Maranhão (5), Alagoas (2), Piauí (1), Amapá (1) e Distrito Federal (1). Atualmente, 2.281 municípios brasileiros já registraram casos da doença. Dados divulgados pelo ministério apontam que 855 cidades brasileiras estão em situação de alerta ou de risco de surto de dengue, chikungunya e Zika. O número representa 37,4% dos municípios pesquisados.

Foto: reprodução

A seleção brasileira de futebol ultrapassou a Alemanha e alcançou a segunda posição no ranking da Fifa, divulgado nesta quinta-feira (24). As informações são da Agência ANSA. A Argentina mantém a liderança do quadro, enquanto o Chile ocupa a quarta posição. Já a Itália caiu três colocações e de 13º lugar passou para a 16º, após os recentes jogos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia. O último ranking do ano será divulgado em 22 de dezembro e consagrará a melhor seleção de 2016. Confira a listas das 20 melhores seleções do mundo: 1. Argentina; 2. Brasil; 3. Alemanha; 4. Chile; 5. Bélgica; 6. Colômbia; 7. França; 8. Portugal; 9. Uruguai; 10. Espanha; 11. Suíça; 12. País de Gales; 13. Inglaterra; 14. Croácia; 15. Polônia; 16. Itália 17. Costa Rica 18. México 19. Peru 20. Equador.

Foto: Livramento Hoje

Por: Livramento Hoje

A pista nova da Estocada, como ficou conhecida, é considerada um dos avanços importantes na área de infraestrutura em Livramento de Nossa Senhora, mas, devido ao fato de ter ainda uma movimentação pequena de carros e pessoas acabou se tornando um dos locais preferidos de alguns meliantes para a prática de assaltos. Um dos suspeitos principais de ser o autor de grande parte desses delitos acabou sendo preso por policias militares da 46ª CIPM no início da tarde desta quinta-feira (24), por volta das 14h, bem no momento em que ia render uma nova vítima. Identificado como Mateus dos Santos Costa (22) e morador do Bairro Benito Gama, ele foi conduzido para a DP, juntamente com a vítima e uma testemunha. Os procedimentos legais estão sendo adotados e, caso haja comprovação da atividade criminosa, ele ficará detido à disposição da Justiça. 

 

Foto: Informe Barra

Um grave acidente foi registrado no fim da tarde de quarta – feira (23), na Ba – 142, rodovia que liga a cidade de Ituaçu a Barra da Estiva. Segundo informações o caminhão faltou freios e o condutor que não teve o nome divulgado, perdeu o controle da direção e acabou tombando. O samu 192 foi acionado e o condutor que ficou preso as ferrages, foi levado pra o hospital de Ituaçu. O acidente aconteceu em um trecho conhecido como “campo dos 40”, na chegada da cidade.

 

Foto: divulgação

A 35ª Vara de Salvador considerou a prática de revistar empregados, realizada pelo supermercado Atakarejo, como prática ilícita. De acordo com a denúncia oferecida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), o supermercado fazia uma revista íntima de empregados ao fim de seus plantões. De acordo com o procurador do trabalho, Pedro Lino de Carvalho Júnior, que moveu uma ação civil pública contra o supermercado, o MPT tentou um termo de ajuste de conduta, "mas a empresa não aceitou e manteve a mesma postura, não nos restando outra alternativa (sic) senão ajuizar a ação na Justiça do Trabalho", explicou. Lino de Carvalho ressaltou que a empresa confessou que realizava o ato ao afirmar em uma audiência no MPT que “a conduta da empresa é lícita, tratando-se de mera abertura de sacola/bolsa na frente do encarregado de prevenção”. A juíza substituta Maíra Guimarães Araújo de la Cruz reconheceu a confissão da empresa e determinou a suspensão imediata da prática nas unidades do Atakarejo. Caso o ato não seja suspenso, o supermercado pagará R$ 5 mil de multa por dia de reincidência. O Ministério Público do Trabalho continua com a ação civil pública requerendo danos morais coletivos no total de R$ 300 mil.

Foto: reprodução

 

O Atelier Hair Express que é o mais badalado e procurado da cidade fica localizado na Avenida Guilherme Dias (Rua do C.E.B), próximo à praça da prefeitura, em Brumado.  Os mais diversos procedimentos químicos, penteados, inovação e técnicas exclusivas, com os cortes que são tendência no mundo inteiro, com exclusividade e qualidade. Daniel Santinelly conquista o público pela sua experiência em moda hair, cor e penteados arrojados, além das técnicas que tem em conhecer os tipos, formatos de rosto e o corte de cabelo de cada um.  O ambiente é bem localizado, aconchegante, agradável e climatizado - proporcionando bem estar e um atendimento de excelência aos clientes. Para maiores informações, ligue - (77) 9 9825-8682.
 

Foto: reprodução

O Ministério da Saúde lançou hoje (21) edital do pregão eletrônico para compra dos repelentes que serão distribuídos para 484 mil gestantes do Bolsa Família. Os produtos podem ser fornecidos em forma de gel, loção, aerossol ou spray e oferecer, no mínimo, quatro horas de proteção, conforme registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O uso de repelentes é uma recomendação constante do Ministério da Saúde desde que a infecção por Zika em gestantes começou a ser relacionada com o nascimento de bebês com malformações neurológicas. A previsão de distribuição do produto para as grávidas do Bolsa Família começou a ser feita ainda em dezembro de 2015. A distribuição do produto faz parte do Plano de Enfrentamento ao Aedes aegypti e à Microcefalia. A abertura do pregão, que definirá a empresa fornecedora do produto para o Ministério da Saúde, está prevista para o dia 1º de dezembro, às 9h (horário de Brasília). Poderão participar do processo empresas que estiverem previamente credenciadas no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores (SICAF), por meio da página: www.comprasnet.gov.br. Os interessados deverão encaminhar a proposta de preço pelo sistema eletrônico até a data e horário marcados para abertura da sessão. A empresa vencedora será a que oferecer o menor preço. A compra deverá ser entregue até 15 dias depois da assinatura do contrato da empresa com o Ministério da Saúde.

Se liga Brumado

Um carro foi tomado de assalto na BR-030 nas proximidades da subestação da Coelba em Brumado na noite do último domingo (30). Segundo informações, o homem de identidade não revelada, teria parado seu veículo para ''mijar'', momento este que percebeu a aproximação de um carro preto o qual desceu homens armados que deram voz de assalto. Os bandidos fizeram com que o homem se abaixasse, impossibilitando assim do reconhecimento, já que além disso o local estava escuro . Além do carro, um Fiat Uno Mille Cinza, ano 2011, foi levado também a quantia de 600, 00 R$.

Foto: reprodução

O ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, afirmou no início da tarde desta terça-feira (22), após encontro com o presidente Michel Temer, que não vai mais comentar as denúncias do ex-ministro da Cultura Marcelo Calero, de que ele teria feito pressão para liberar um parecer favorável a um prédio em Salvador onde comprou um apartamento. “Esse assunto está encerrado. Como está na Comissão de Ética, não vou mais comentar com a imprensa. Peço que me respeitem”, disse o ministro. Na segunda-feira (21), a Comissão de Ética da Presidência decidiu por unanimidade abrir um processo para investigar a conduta do ministro. Nesta terça-feira, Geddel não quis responder se já tinha sido notificado, mas o presidente da Comissão, Mauro Menezes, disse que o ministro receberia o aviso ainda ontem e teria o prazo de dez dias para apresentar sua defesa.

Páginas