Foto: reprodução

Por Agência Brasil,

Começa hoje (17) a mobilização nacional de vacinação contra a gripe. A campanha deste ano inclui, pela primeira vez, os profissionais de educação no grupo prioritário. Cerca de 2,3 milhões de professores de escolas das redes pública e privada devem ser imunizados nos postos de saúde de todo o país. Nos dias 2 e 3 de maio, os docentes serão vacinados nas escolas. Idosos, trabalhadores do setor de saúde, crianças de 6 meses até 5 anos, gestantes, mulheres no pós-parto, indígenas, população privada de liberdade, inclusive os adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa, e pessoas com doenças crônicas continuam como público-alvo da vacinação.mA vacina permite a proteção contra os vírus A(H1N1), H3N2 e influenza B. Como os vírus são mutantes, a composição da vacina é feita somente depois da indicação da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre as cepas (variações dos vírus) que circularam com mais frequência nos últimos meses na região. Segundo a OMS, em 2016 a cepa do vírus A(H1N1) foi alterada, o que levou à produção de uma nova composição para a campanha deste ano. Cerca de 60 milhões de doses serão distribuídas aos postos da rede pública de saúde. O Ministério da Saúde espera que pelo menos 54 milhões de pessoas sejam imunizadas até o dia 26 de maio, prazo final da campanha. O dia D da mobilização será em 13 de maio.  O principal objetivo da campanha é reduzir as hospitalizações e a ocorrência de mortes relacionadas à influenza. Segundo o Ministério da Saúde, estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de internações por pneumonia e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da gripe. Em 2016, o país registrou a maior incidência dos casos de gripe desde a pandemia iniciada em 2009. Mais de 2.200 pessoas morreram no ano passado por problemas relacionados à gripe. De janeiro a abril deste ano ocorreram 48 mortes. Apesar de a incidência de casos estar num ritmo bem menor do que o registrado no ano passado, o Ministério da Saúde alerta para a necessidade de se vacinar o quanto antes e garantir que a proteção seja efetiva no período de maior vulnerabilidade, o inverno. Além de buscar a imunização, o Ministério recomenda que a população lave as mãos várias vezes ao dia, cubra o nariz e a boca ao tossir e espirrar, evite tocar o rosto, não compartilhe objetos de uso pessoal, mantenha os ambientes bem ventilados e evite a permanência em locais com aglomeração.

Foto: reprodução

O cantor cearense Wesley Safadão gravou neste final de semana seu quinto DVD, em Miami, nos Estados Unidos. Além de diversas faixas inéditas, o álbum apresentará uma outra novidade ao público: o novo cabelo de Safadão.Conhecido pelas longas madeixas, que posteriormente passariam a ser usadas em um coque, o forrozeiro decidiu apostar agora em um corte curto. "Quando comecei a cantar, aos 14 anos, meu cabelo já estava comprido. Na época todos os cantores da região usavam os cabelos longos, era a moda e depois veio à fase do coque e foi ficando. Meu cabelo virou uma espécie de marca registrada. Quando o projeto de Miami começou eu sabia que estava entrando em uma nova etapa na minha vida e carreira, graças a Deus com tantas transformações chegou o momento da mudança", afirmou. Os cabelos longos eram frutos de uma promessa feita pela mãe de Safadão quanto ele tinha apenas três anos de idade. Na época, ele teve uma grave pneumonia e dona Bill prometeu que só permitiria que ele cortasse os cabelos quando as madeixas chegassem aos ombros. Quando Wesley completou oito anos, a promessa foi paga na cidade de Canindé, no interior do Ceará. A circulação das imagens do show fez o assunto se tornar um dos tópicos mais comentados do Twitter, virando inclusive memes em várias páginas famosas do facebook.

Investigadores da Polícia Civil apreenderam um adolescente de 18 anos, que práticou ato infracional análogo à conduta do tráfico de drogas, fato praticado antes da maioridade penal.O referido adolescente fora flagrado no ano passado, no Município de Rio de Contas, quando portava uma arma de fogo, ressaltando que somente neste ano o jovem já fora conduzido 02 (duas) vezes à Delegacia Polícia de Brumado, por porte e tráfico de drogas. O adolescente em conflito com a lei deve ser encaminhado nos próximos dias para a Unidade de Semiliberdade Na Varanda, em Vitória da Conquista, onde cumprirá medida sócio educativa.
Foto: Pedro Moraes / GOV BA

A economia de municípios baianos será aquecida, a partir desta quinta-feira (13), com a liberação de R$ 33 milhões, referentes ao pagamento das indenizações do Garantia Safra (2015/2016) para quase 200 mil agricultores familiares que tiveram perdas na produção. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa em suas redes sociais na tarde desta quinta-feira (13). Deste valor, R$ 23 milhões são referentes ao pagamento das últimas parcelas da Safra Verão, que indenizou mais de 137 mil famílias de agricultores. Os outros R$ 10 milhões estão sendo destinados ao pagamento da primeira parcela da Safra Inverno, para cerca de 60 mil famílias de agricultores familiares baianos. “O desejo do governo é que não houvesse perda de safra porque é um fator ruim para todos: agricultor familiar, municípios, Estado e União. E o Garantia Safra, aliado a outras ações estratégicas, desempenha um papel importante para enfrentar problemas relacionados à seca. O governo vai continuar apoiando os agricultores familiares, e, na medida em que houver frustação de safra, disponibilizará aporte financeiro, em parceria com a União e os municípios”, afirma o governador Rui Costa. O Garantia-Safra é uma ação do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), por meio da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário (Sead), do Governo Federal, para atender agricultores familiares que sofrem perda da safra por seca ou excesso de chuva. A Bahia concentra a maior participação de agricultores familiares no programa.  O estado é o único no país em que o governo, além de pagar a sua parte, assume 50% dos valores devidos aos agricultores familiares e às prefeituras municipais, usando recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Funcep). Apesar da crise econômica que atinge todo o país, o Governo do Estado tem assumido este compromisso, e executado outras políticas públicas estratégicas para atender à população rural e garantir a sua permanência no campo, com as devidas condições, a exemplo do acesso à água, assistência técnica e a distribuição de sementes e de palma. O valor das indenizações pagas a cada agricultor é de R$ 850,00, dividido em cinco parcelas de R$ 170,00.  Até o mês de agosto, o programa vai injetar na economia de 238 municípios, o montante de R$165 milhões.  O secretário de Desenvolvimento Rural (SDR), Jerônimo Rodrigues, reitera a continuidade das políticas públicas executadas nos últimos dez anos pelo Governo do Estado para enfrentar desafios como o da convivência com o semiárido e a permanência das famílias no campo. “A SDR cumpri o papel para o qual ela foi criada, desenvolvendo ações como a oferta de assistência técnica para que as famílias acessem o Garantia Safra, e outras políticas públicas, realizadas em parceria com os municípios, Consórcios Públicos, Sindicato de Trabalhadores Rurais, cooperativas, entidades representativas da agricultura familiar e o apoio financeiro e técnico do Governo Federal, por meio da Sead”. O benefício é destinado às famílias com renda mensal de até 1,5 salário mínimo e que plante até cinco hectares. Para que o agricultor familiar tenha acesso ao Garantia Safra é necessário que o Governo do Estado faça, anualmente, adesão junto à Sead, os municípios, junto ao governo estadual, e os agricultores, ao programa, por meio das prefeituras municipais. Para o agricultor familiar, Valter dos Santos, do Povoado de Santa Cruz, em Nova Redenção, o Garantia Safra é um apoio importante para a sobrevivência da família, especialmente pela situação de estiagem, que já dura mais de seis anos. “Para nós que vivemos em uma região de sequeiro e corremos o risco, novamente, de perder o pouco que conseguimos plantar esse ano, o Garantia Safra ajuda e muito, mas o que gostaríamos mesmo era que tivéssemos chuva e conseguíssemos plantar e colher a nossa lavoura”. Na Bahia, o programa é coordenado pela Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf/SDR), com o apoio da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), atuando nos Serviços Territoriais de Apoio à Agricultura Familiar (SETAFs), com a realização de inscrições dos agricultores e elaboração dos laudos para a verificação de perdas, além da articulação com os municípios e com a Delegacia da Sead. Em caso de dúvidas relacionadas ao pagamento das indenizações, os agricultores devem procurar os técnicos da Bahiater nos SETAFs.

   

Panieri Atacarejo, bom negócio todo dia!

A Panieri Atacarejo que já dispõe dos melhores preços da região resolveu surpreender mais uma vez os seus clientes, preparando grande ofertas para a Semana Santa. Na Panieri Atacarejo o seu dinheiro rende muito mais, pois os preços são incriveis no varejo e inacreditáveis no atacado. Os preços praticados na Panieri são ótimos para as donas de casa e melhores ainda para os donos de comércios que compram para revender. A Paniere Atacarejo fica localizada na Rua Coronel Paulino Chaves, nº 390, centro (Praça do Jurema), em Brumado e fica aberto aos domingos e feriados. Panieri Atacarejo, Lucro para quem é dono de comércio e economia para as donas de casa. Para maiores informações entre em contato atráves do telefone; (77) 3441-2152. 

A Polícia Militar da Bahia, através do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e das Companhias Independentes de Policiamento Rodoviário (1ª CIPRv/Itabuna, 2ª CIPRv/Brumado e 3ª CIPRv/Barreiras), realizará a Operação Círio Pascal 2017. Desde a quarta feira (12), estão sendo realizadas fiscalizações educativas em todas as Companhia Orgânicas do BPRv com distribuição de panfletos informativos contendo dicas de boas ações no ato de dirigir. Atenção para maiores cuidados ao trafegar nos trechos entre Porto Seguro/Itacaré/Vale Verde/Olivença e a rodovia que conecta as cidades de Itabuna e Ilhéus, assim como alerta para o trecho da BA 142, trechos entre os municípios de Anagé/Tanhaçu/Ituaçu. A 2ª CIPRv/Brumado enfatiza maiores cuidados para trechos da BA 262, entre os municípios de Ibicuí/Vitória da Conquista/Anagé/Brumado/Uruçuca
 
Em entrevista à rádio Metrópole na manhã desta quinta-feira (13), o ex-presidente Lula disse estar convicto que não será preso, já que não haveria provas de que ele tenha cometido qualquer ilegalidade. ”Tenho confiança que não vou ser preso porque não cometi crime. Denúncia tem que ser feita na sala do juiz, o último vazamento foi um absurdo. A delação, antes de ser avaliada, já vai para a imprensa. Não é possível. Com a imprensa denunciando todos os dias, me pergunto: a Justiça está correta? Não podemos ter uma ditadura do Judiciário”, frisou. Admitindo que poderá ser candidato à Presidência em 2018, Lula declarou que quer “ajudar a construir um mundo democrático em que as pessoas aprendam a conviver na diversidade”, em referência à polarização existente no país. “A política existe para você conversar, negociar, fazer acordos… A política pode mudar em 2018, está nas mãos do povo eleger gente boa. O que não pode é esse Congresso que está aí destruindo direitos trabalhistas conquistados em 1946”, acrescentou.
Senado aprova documento único com RG, CPF e título

Por Estadão Conteúdo,

O Senado aprovou nesta terça-feira (11) a criação de um banco de dados que unificará a identificação de todos os brasileiros, além de um documento que integrará RG, CPF e título de eleitor. A proposta segue para a sanção do presidente Michel Temer. Caso seja sancionado, o Documento de Identificação Nacional (DIN) terá validade em todos os Estados. O DIN dispensará a apresentação de todos os documentos que nele sejam mencionados - entre os principais, só a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) não está previamente incluída. Pelo texto, a primeira via do novo registro será gratuita, emitida pela Casa da Moeda. Já a base, chamada Identidade Civil Nacional (ICN), utilizará os dados biométricos da Justiça Eleitoral, além do Sistema Nacional de Informações de Registro Civil (Sirc) e da Central Nacional de Informações do Registro Civil, criados pelo Poder Executivo Federal e pelo Conselho Nacional de Justiça, respectivamente.  Outras informações devem vir dos institutos de identificação dos Estados e do Distrito Federal, além do Instituto Nacional de Identificação, mantido pela Polícia Federal. A base de dados do novo documento de identificação será armazenada e gerida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O relator da proposta, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), destacou que a ICN vai permitir a criação de uma única identidade para todos os brasileiros. "Esse cadastro nacional vai dar mais confiabilidade aos documentos. Porque sabemos que hoje, sem dados biométricos, a carteira de identidade que é extraída nos Estados, lamentavelmente, acaba servindo à falsidade e, até mesmo, a atos ilícitos e criminosos".  O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) declarou que o novo documento vai ajudar na desburocratização do País. "Nós temos vários documentos de identificação e de registro civil. Certidão eleitoral, o título eleitoral, a carteira de identidade e o Cadastro de Pessoas Física. Com a criação da Identidade Civil Nacional, o Senado estará dando uma contribuição para modernizar e facilitar a vida do cidadão brasileiro". Será criado ainda o Comitê da ICN, que decidirá o padrão biométrico, a regra de formação do número do documento, os documentos necessários para a expedição e os parâmetros técnicos e econômicos dos serviços de conferência de dados que envolvam a biometria do novo registro. Os dados biométricos serão sigilosos e protegidos pela legislação. O texto determina também a criação do Fundo da Identificação Civil Nacional (FICN), para constituir recursos para o desenvolvimento e manutenção da ICN. O TSE ficará responsável pelo cronograma de implementação do banco de dados e pela coleta das informações biométricas.

Foto: reprodução

Agências da Caixa Econômica Federal abrem duas horas mais cedo hoje (13) para atendimento relativo às contas inativas de Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O atendimento, das 9h às 15h, que já estava previsto para alguns sábados, ocorrerá também nesta quinta-feira, em 1.305 agências. Segundo a Caixa, a abertura de forma antecipada ocorrerá em razão do fluxo de atendimento acima do esperado em algumas regiões do país. A lista com as agências pode ser consultada na internet. Nos locais em que os bancos abrem às 9h, a Caixa atenderá a partir das 8h e o fechamento será às 16h. Os saques das contas inativas do FGTS foram anunciados no final do ano passado. No total, a liberação abrange 49,6 milhões de contas inativas, com um saldo total de R$ 43,6 bilhões. Os saques vão beneficiar 30,2 milhões de trabalhadores que pediram demissão ou foram demitidos até 31 de dezembro de 2015. De acordo com a Caixa, 90% das contas inativas têm saldo de até R$ 3 mil. Os trabalhadores podem consultar o saldo a receber na página da Caixa.  De acordo com balanço divulgado pela Caixa, cerca de 8 milhões de trabalhadores sacaram mais de R$ 12,3 bilhões em contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O cálculo considera a soma das fases liberadas até o momento. Com relação ao pagamento da segunda fase, que corresponde aos trabalhadores nascidos em março, abril e maio, a Caixa informa que o valor pago, entre os dias 8 e 10 de abril, alcançou R$ 6,2 bilhões, o equivalente a 55% do total de R$ 11,2 bilhões previstos. Mais de 4,3 milhões sacaram os recursos, o que representa 56% dos 7,7 milhões de pessoas nascidas no período. Na primeira fase, em que puderam sacar as pessoas nascidas em janeiro e fevereiro, entre os dias 10 de março e 10 de abril, a Caixa registrou o pagamento de mais de R$ 6,1 bilhões relativos às contas inativas do FGTS para 3,7 milhões trabalhadores nascidos no período. O valor equivale a 88% do total inicialmente previsto, de R$ 6,96 bilhões, e aproximadamente 77% dos trabalhadores, que são 4,8 milhões.

Foto: Divulgação

 

A COMAR, empresa que presta serviços de limpeza na cidade informa que no dia 14 de abril (sexta-feira ), Dia da paixão de cristo, a coleta de lixo não será realizada. A empresa conta com a colaboração de todos e pede que o lixo não seja colocado na porta, para evitar transtornos a população brumadense. 

Foto: reprodução

Atendendo às necessidades da Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes – SMTT, a Coordenação de Educação no Trânsito deu início ao projeto “SMTT nas escolas”, cujo objetivo é orientar, educar e conscientizar os jovens estudantes para um trânsito mais seguro e responsável. Nessa primeira etapa, a coordenação tem realizado uma série de reuniões nas unidades educacionais do município. A primeira reunião do ciclo pedagógico para desenvolvimento de ações educativas no trânsito aconteceu no Centro Estadual de Educação Profissional – CEEP. Na unidade, foi apresentada a minuta do projeto e discutidos os temas relevantes para exposição em sala de aula. A Coordenação de Educação no Trânsito também esteve, na manhã desta terça-feira (11), no Colégio Municipal Professora Nice Públio da Silva Leite, em reunião com a diretora da unidade, Célia Amaral. Após discutir as ações que serão realizadas em conformidade com o projeto, foi agendada uma nova reunião para a próxima quinzena com todo o quadro pedagógico da escola. Segundo o Coordenador de Educação no Trânsito, Jansen Ricardo, o projeto será estendido a todas as unidades educacionais em âmbito municipal, estadual e particular, sendo ainda contempladas as unidades de ensino superiorAtendendo às necessidades da Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes – SMTT, a Coordenação de Educação no Trânsito deu início ao projeto “SMTT nas escolas”, cujo objetivo é orientar, educar e conscientizar os jovens estudantes para um trânsito mais seguro e responsável. Nessa primeira etapa, a coordenação tem realizado uma série de reuniões nas unidades educacionais do município. A primeira reunião do ciclo pedagógico para desenvolvimento de ações educativas no trânsito aconteceu no Centro Estadual de Educação Profissional – CEEP. Na unidade, foi apresentada a minuta do projeto e discutidos os temas relevantes para exposição em sala de aula. A Coordenação de Educação no Trânsito também esteve, na manhã desta terça-feira (11), no Colégio Municipal Professora Nice Públio da Silva Leite, em reunião com a diretora da unidade, Célia Amaral. Após discutir as ações que serão realizadas em conformidade com o projeto, foi agendada uma nova reunião para a próxima quinzena com todo o quadro pedagógico da escola. Segundo o Coordenador de Educação no Trânsito, Jansen Ricardo, o projeto será estendido a todas as unidades educacionais em âmbito municipal, estadual e particular, sendo ainda contempladas as unidades de ensino superior.

Páginas