Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

Por Agência Brasil,

Balanço da Operação Carnaval deste ano nas estradas federais do país, divulgado hoje (7) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), mostra que houve redução no número de mortos, de acidentes, de feridos e ultrapassagens perigosas. Houve queda de 19% nas mortes nas rodovias federais do país de 1ª a 6 de março, na comparação com o número registrado na Operação Carnaval do ano passado. Ao todo, 83 pessoas morreram. Em 2018, foram 103 mortes. O número de acidentes diminuiu 24% em relação a 2018, passando de 1.518 no carnaval passado para 1.157 neste ano. Dados da PRF mostraram também que teve queda de 22% nas ultrapassagens irregulares. Os acidentes deixaram 1.464 feridos, o que representa redução de 7% em relação ao total de 1.569 pessoas feridas no carnaval passado. Os agentes da PRF fiscalizaram 185.741 veículos, resultando em 63.313 autos de infração. Foram registrados 8.542 flagrantes de ultrapassagens indevidas, que, segundo a polícia, estão entre as principais causas de colisões frontais. Ainda em relação a flagrantes, houve 5.206 autuações por falta do uso de cinto de segurança, número 13% maior que no ano anterior. Ao todo, 68.153 motoristas foram submetidos aos testes de bafômetro que resultaram em 1.959 autuações por embriaguez ao volante neste ano. No ano anterior, foram feitos 52.585 testes que resultaram em 1.629 multas. A PRF registrou 1.040 pessoas pilotando motocicletas sem o uso de capacete, além de 846 crianças transportadas sem os cuidados necessários, o que corresponde a um crescimento de 44% e 16%, respectivamente, em relação ao ano passado. Sobre criminalidade, a polícia apreendeu 956 quilos (kg) de maconha e quase 152 kg de cocaína. Segundo os dados, 23 armas de fogo, 699 munições e 121.650 maços de cigarro foram apreendidos, 82 veículos foram recuperados e 673 pessoas foram presas por diversos crimes. De acordo com a PRF, ações de conscientização e educação para o trânsito alcançaram 21.269 pessoas em todo país durante a Operação Carnaval 2019. “Com isso, a PRF segue rumo ao alcance da meta estabelecida para o período. Em 2010, foram registrados 183.456 acidentes e 8.623 óbitos nas rodovias federais. Em 2017, o número de acidentes foi de 89.318 e 6.244 óbitos, em 2018 já foram 69.114 acidentes e 5.259 óbitos”, destacou a polícia. Segundo dados do órgão, entre 2014 e 2017, a frota de veículos no Brasil passou de 86.700.490 para 96.790.495, um aumento de 11,6%.

Foto: reprodução

A cidade de Tanhaçu se prepara para receber uma das maiores cavalgadas do ano, nos dias 23 e 24 de março. No sábado o evento conta com apresentações como Girlan Dias, Paulo Henrique e Raneychas. No dia 24 o evento acontece de forma gratuita e começa no Capim Açu com shows de Rondinely Show e Pegada Luxuosa. Ao meio dia será servida uma deliciosa feijoada para os cavaleiros e em seguida a cavalgada segue as 16h para cidade onde acontece shows com Flávio Fernandez e O Cigano Cantador. O evento é uma realização de Chicão produções. 

Foto: reprodução

Qualquer data festiva e comemorativa merece ser especial, sendo assim, a Padaria União Santos sempre está presente nas festas dos brumadenses, dando um toque delicioso com produtos de qualidade e sem comparação. Os salgados, tortas, bolos, pães e outros produtos da Padaria União Santos são incomparáveis e podem ser encomendados para dar um toque ainda mais especial no seu evento, reunião, encontro, confraternização e outros. A Padaria União Santos fica localizada na Av. Otávio Mangabeira, no bairro Nobre, próxima à escola Nossa Senhora de Fátima. Façam já os seus pedidos 77 3441-3642.

Foto: Se liga Brumado

A mulher identificada como Maria do Rosário Oliveira de 54 anos de idade foi encontrada morta na noite desta quarta-feira (06) no Bairro do Tanque em Brumado. Segundo informações, a mulher foi encontrada caída na rua sem sinais de lesão ou perfuração. A equipe do SAMU e Polícia foram acionados e constataram o óbito. A causa da morte pode ter sido natural.  

Foto: Se liga Brumado

Um incêndio atingiu parte da agência do banco Itaú em Brumado na noite desta quata-feira (06). A agência fica localizada na Praça Armindo Azevedo no centro da cidade e as chamas teriam começado na parte dos fundos do banco. Ainda não se sabe as causas do incêndio. Populares acionaram a polícia e autoridades que acionaram uma brigada da empresa Magnesita para tentar controlar as chamas. Vale lembrar que Brumado não possui Grupamento do Corpo de Bombeiros. 

Foto: reprodução

Das cachoeiras em Lençóis à tradição das máscaras em Maragogipe, do ecoturismo de Mucugê às praias do litoral, a Bahia oferece neste Carnaval diversos atrativos para os turistas. Segundo estimativas da Secretaria do Turismo do Estado (Setur), dos 2,2 milhões de visitantes esperados para o período da folia, 1,4 milhão tem como destino o interior do estado. Por conta disso, a ocupação hoteleira nos oito principais destinos do interior no Carnaval tem média de 96% este ano.  Em Mucugê, um dos locais mais charmosos da Chapada, os 1,8 mil leitos de hotéis e pousadas estão ocupados. A expectativa é que até esta terça-feira (5) mais de cinco mil pessoas tenham passado pelo município. Já Lençóis, também na Chapada, possui quatro mil leitos. Segundo o presidente do Conselho Municipal de Turismo, Anselmo Macedo, a média de ocupação hoteleira da cidade é de 97%. Quem curte a folia à moda antiga, Maragogipe, no Recôncavo, é destino certo com seu tradicional Carnaval com marchinhas, fantasias e máscaras que remetem à tradição de Veneza. Segundo a prefeitura, os cinco meios de hospedagem do município estão lotados. A expectativa local era receber cerca de 50 mil turistas, a maioria mineiros, cariocas, paulistas, sergipanos e brasilienses, habituais visitantes, bem como franceses e argentinos.  No sul do estado, onde se concentram cidades litorâneas como Porto Seguro, Ilhéus e Itacaré, os hotéis estão com alta ocupação. O mesmo acontece em localidades como Morro de São Paulo, situada no arquipélago de Tinharé, e na Praia do Forte. Em Porto Seguro, onde estavam sendo esperados mais de 60 mil turistas, a ocupação hoteleira está em torno de 95%, segundo a Secretaria de Cultura e Turismo local. Já em Ilhéus, que possui 8 mil leitos, a taxa de ocupação dos hotéis projetada pelo Costa do Cacau Convention Bureau é de 100%. Pela cidade circulam cerca de 50 mil turistas, entre os que permanecem no local e os que estão apenas de passagem. A média de ocupação prevista nos 160 meios de hospedagem de Itacaré durante o Carnaval é de 95%. Mais de 10 mil turistas são esperados na cidade durante o feriadão carnavalesco. No município de Cairu, Morro de São Paulo é o destaque. A taxa de ocupação hoteleira estimada está acima de 80%, devendo chegar a 100% na famosa ressaca do Carnaval. Em Praia do Forte, meios de hospedagem como o hotel Porto Zarpa e a pousada Casa de Praia estão com 100% de ocupação. De acordo com o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco, a ocupação hoteleira em alta é resultado de um esforço governamental que preparou a Bahia para bem receber os turistas.  "Este trabalho prossegue após o Carnaval em várias vertentes, sendo o turismo corporativo e de eventos um dos nossos focos, pois elimina efeitos negativos da sazonalidade o ano inteiro. Nossa atenção ao turismo de lazer, lógico, é permanente porque atrai grande número de estrangeiros e viajantes domésticos", explica o secretário.

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Por Agência Brasil, 

A Estação Primeira de Mangueira é a grande campeã do carnaval carioca. O resultado do grupo especial do Rio de Janeiro foi divulgado no início da noite de hoje (6). Em segundo lugar, ficou a Unidos do Viradouro e, em terceiro, a Vila Isabel. A Mangueira desfilou na segunda-feira (4) na Sapucaí, com o enredo “História pra ninar gente grande”, do carnavalesco Leandro Vieira, a escola conta a história do Brasil pela ótica dos heróis populares. Da história recente, além de Jamelão, estão a cantora e compositora mangueirense Leci Brandão, e a vereadora Marielle Franco, assassinada em 14 de março de 2018, ao lado do motorista Anderson Pedro Gomes. A viúva da vereadora, Mônica Benício, participou do desfile. As escolas foram avaliadas quanto a bateria, samba-enredo, harmonia, evolução, enredo, mestre-sala e porta-bandeira, alegorias e adereços, fantasias e comissão de frente.  A Mangueira obteve a pontuação máxima em todos os quesitos.

Foto: reprodução/ Twitter

Por Varela Notícias, 

O presidente Jair Bolsonaro publicou um vídeo pornográfico em seu perfil do Twitter, na última terça-feira (05), e gerou revolta nas redes sociais. “Não me sinto confortável em mostrar, mas temos que expor a verdade para a população ter conhecimento e sempre tomar suas prioridades. É isto que tem virado muitos blocos de rua no carnaval brasileiro. Comentem e tirem suas conclusões”, disse o presidente, mostrando um vídeo em que um homem aparece introduzindo um dedo no ânus, logo depois, outro homem urina em cima dele. “Bolsonaro, a minha neta de seis anos tomou conhecimento dessa cena no seu twitter. Ela e outros milhoes de crianças cujos pais o seguem. Quero ver como o Presidente da República vai explicar o que elas viram. Você precisa de  tratamento médico com urgência”, criticou o jornalista Fábio Pannunzio.

Foto: Ricardo Stuckert/G1

Por G1 SP,

O neto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva Arthur Lula da Silva, de 7 anos, morreu nesta sexta-feira (1º) vítima de meningite meningocócica, em São Paulo. Arthur deu entrada no Hospital Bartira , em Santo André, no ABC Paulista, às 7h20 desta sexta-feira com "quadro instável" e faleceu às 12h11 "devido ao agravamento do quadro infeccioso de meningite meningocócica, segundo a assessoria da Rede D'Or São Luiz, da qual o hospital faz parte. A rede não tem informações sobre o velório. A presidente do PT, Gleisi Hoffman, afirmou em sua conta no Twitter que fará de tudo para que Lula, preso na sede da PF em Curitiba, se despeça do neto. "Presidente Lula perdeu seu neto hoje. Que tristeza. Arthur tinha 7 anos e foi vítima de uma meningite. Força presidente, estamos do teu lado, sinta nosso abraço e solidariedade. Faremos de tudo pra que você possa vê-lo. Força a família, aos pais Sandro e Marlene. Dia muito triste", diz o post. Em nota, o PT afirmou que "mais uma tragédia pessoal atinge" o ex-presidente e que sua dor é compartilhada com militantes do partido. "O Partido dos Trabalhadores está solidário com o presidente Lula e sua família, neste momento de dor em que ele perdeu, de forma dramática, o querido neto Arthur, de apenas 7 anos. É mais uma tragédia pessoal que o atinge, em meio à perseguição política e à farsa judicial de que ele é vítima. A dor de Lula é compartilhada por cada militante do PT e pelos milhões de brasileiros que o reconhecem como o presidente que mais combateu a fome e a mortalidade infantil, com programas sociais, de saúde e geração de renda. O presidente que defendeu a vida e um futuro melhor para nossas crianças. Lula não merece estar preso, porque provou sua inocência diante de todas as acusações falsas que lhe fizeram. Lula tem o direito de compartilhar com seus familiares, o filho Sandro e a nora Marlene, o luto pela morte do pequeno Arthur. Muita força, companheiro Lula. Que Deus o abençoe", diz a nota. A ex-presidente Dilma Rousseff também comentou a morte em sua conta no Twitter. "Minha imensa solidariedade, a @LulaOficial e sua família, face a imensa dor que se abate, hoje, sobre eles. Meu pesar pelo falecimento de Arthur, neto querido e filho amado, vítima de meningite, aos 7 anos. Uma criança maravilhosa", diz. "Meu abraço cheio de força, carinho e afeto a Marlene e ao Sandro. Nessa hora de tragédia e de dor, desejo serenidade e paz à família de Luka para enfrentar tamanha perda #ÉDireitoDeLulaEnterrarONeto", diz o post.

Foto: reprodução

Por Varela Notícias, 

A Secretaria Municipal de Saúde de Salvador (SMS) informou que, até o fim do Carnaval, aproximadamente 3 milhões de preservativos serão distribuídos à população. Um milhão e 800 mil unidades já foram entregues na capital. A pasta afirma também que os foliões vão ter amplo apoio da equipe de saúde do município, que estará presente durante todos os circuitos. No ano passado, de acordo com a SMS, a capital soteropolitana registrou 732 casos de aids. Neste ano, o número até o momento é de 82. Segundo a coordenadora Municipal do Programa de IST/Aids e Hepatites Virais da Secretaria de Saúde de Salvador, Helena Lima, a camisinha é de fundamental importância para prevenir doenças sexualmente transmissíveis, como AIDS e sífilis. “O importante sempre é que o folião, em alguma situação onde ele tiver dúvida ou alguma necessidade, que procure um dos dez módulos assistenciais que ficarão em todo o percurso. Esses módulos estão funcionando durante todo o horário de carnaval, onde ele vai encontrar profissionais que vão poder dar uma orientação ou uma assistência, caso ele precise”, destaca. As equipes volantes farão a entrega das camisinhas nos principais pontos da cidade. O Camarote do Nana, os Corujas e o show da banda Chiclete com Banana estão entre os pontos onde haverá distribuição. Baianos e turistas curtindo o Carnaval de Salvador também podem retirar os preservativos em todas as Unidades Básicas de Saúde de Salvador (UBS) e nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA), que funcionam 24h.

Foto: reprodução

Os disparos de mensagem em massa durante as eleições de 2019 para supostamente beneficiar as candidaturas de Jair Bolsonaro (PSL) e de Fernando Haddad (PT) ganharam uma nova linha de investigação pelo Ministério Público. Procuradores analisam agora o uso de “laranjas” na contratação dos serviços, de acordo com o Uol. A Justiça autorizou que os aplicativos WhatsApp e Telegram, de envios de mensagens, remetam dados cadastrais dos investigados, incluindo número de celular, endereço, número usado no serviço, CPF ou CNPJ. A iniciativa busca identificar o uso de outras candidaturas como base para que pessoas físicas contratassem serviços de envio de mensagens em massa. O pedido inclui ainda o período de pré-campanha eleitoral, entre 1º de julho e 15 de agosto do ano passado. Além de WhatsApp e Facebook, serão intimados Twitter, YouTube, Instagram e Telegram. As informações são do Bahia notícias. 

Foto: Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo

Por Vitor Muniz, G1.com

carnaval está chegando e, para aproveitar a festa sem imprevistos desagradáveis, não bastam roupas leves, calçados confortáveis e protetor solar. O G1, então, reuniu dicas básicas de especialistas em segurança para o folião se prevenir de furtos, roubos e outros golpes. Somente no pré-carnaval de São Paulo, foram registrados 600 crimes – a maioria de furtos de celular. O antropólogo e capitão veterano do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar do Rio de Janeiro Paulo Storani alerta que os foliões devem assumir os riscos. "Então, nós recomendamos que as pessoas procurem saber o endereço dos hospitais e delegacias mais próximos ao local do evento de que participará", afirmou ele em entrevista ao G1 por e-mail. "Se afaste de brigas e, se houver disparos de arma de fogo, procure se abrigar atrás de postes, eixos de rodas de carros ou qualquer outro anteparo. Se abaixar ou deitar no chão nessas condições torna-se perigoso, em razão da quantidade de pessoas em deslocamento. No caso de roubo ou furto de celulares e cartões de crédito, procure a delegacia da área e registre a ocorrência.” Já o coronel da reserva da Polícia Militar de São Paulo Marco de Jesus as pessoas devem estar cientes de que "as folias carnavalescas são eventos que reúnem muitas pessoas de todas as índoles". "Portanto, se o folião está ali para se divertir, evite ostentar algo que chame a atenção de bandidos, como joias, celulares, correntes e anéis. Procure ir acompanhado, e vale lembrar que o uso de substância psicotrópicas e etílicas comprometem a razão e deixam [as pessoas] mais vulneráveis a se tornarem vítimas." Dicas comuns são: quanto menos objetos levar, melhor (isso vale, sobretudo, para celular); deixe cartões de débito e crédito em casa; procure utilizar apenas quantias em dinheiro; e, por mais que seja desagradável comparecer à delegacia, não deixe de fazer boletim de ocorrência – em casos de furto, dê preferência ao boletim de ocorrência virtual. 

Veja dicas para evitar ter o celular roubado:

  • Se puder, não leve o celular.
  • Por mais que comprometa a qualidade das selfies, é preferível deixar o celular mais caro em casa e levar para o bloco um aparelho antigo ou mais simples, que não desperte a cobiça do ladrão.
  • Se você só tem o celular caro, o ideal é não levar ou evitar usá-lo em público – mesmo em local aparentemente seguro, como o metrô. Esse tipo de aparelho motiva ladrões em todo lugar.
  • Cuidado com esbarrões e empurrões. Essa é uma das formas que os ladrões usam para agir.
  • Evitar ao máximo ficar com o telefone na mão no meio de aglomerações ou em calçadas muito movimentadas.
  • Não deixar o celular no bolso de trás da calça. Aproveite a volta das pochetes ou use uma doleira por dentro da roupa. Também vale um bolso ou bolsa mais seguros, com zíper, por exemplo. Todos sempre virados para a frente.
  • Os criminosos focam em quem dá bobeira no meio do bloco. Então, procure um lugar mais seguro para manusear o celular – encoste numa parede, entre numa loja, numa banca de revista ou pare perto da polícia.
  • Também preste atenção ao redor, porque as quadrilhas observam a vítima e descobrem, antes do furto, até a senha de desbloqueio do aparelho.
  • Evitar andar sozinho, ruas desertas, ônibus ou vagões de trem vazios.
  • Em bares, guarde o celular com você quando estiver bebendo e não o deixe em cima da mesa.
  • Em caso de furto, faça o boletim de ocorrência o quanto antes.

Em caso de assédio sexual

Além de se prevenir de golpes, as mulheres também devem ficar atentas aos casos de violência e assédio sexual que podem acontecer durante o carnaval. Em casos como este, o primeiro passo é procurar a Delegacia da Mulher ou posto policial mais próximo. Outra forma fazer uma denúncia é através do número 180, que é um canal disponibilizado pela Secretaria Nacional de Políticas direcionado às mulheres que queiram denunciar violência, reclamar sobre serviços de rede de atendimento à mulher ou pedir orientação.

Dicas;

  • Mantenha seus objetos à frente de seu corpo e fique atento às pessoas que estejam ao seu redor.
  • Mantenha especial atenção com crianças. Uma boa alternativa é identificá-las com etiquetas - Marque pontos para reencontros caso haja separações no grupo.
  • Tenha dinheiro separado para pequenas despesas.

Delegacia virtual para registro de furto de celular e documentos na Bahia: https://www.delegaciadigital.ssp.ba.gov.br/

Páginas