Foto: Divulgação

O evento que promete reunir apaixonados por cavalgadas de toda região acontecerá neste domingo (17) em Sussuarana. A Cavalgada dos Amigos reúne em um só palco grandes artistas, entre eles; Flávio Fernandez, Pegada Luxuosa, Boy da Viola e a explosão das vaquejadas - O Cigano Cantador. O evento acontece em Praça Pública e a produção do evento disponibiliza ainda feijoada e churrasco grátis. 

Foto: Divulgação / Polícia Militar

Ataques a bancos na Bahia caíram 9,1% entre janeiro e outubro deste ano, em relação ao mesmo período de 2016. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP), a queda é reflexo da desarticulação de nove quadrilhas envolvidas em ataques a instituições bancárias no estado e ao trabalho conjunto entre as forças policiais. Nos dez primeiros meses de 2016, foram registrados 88 ataques a bancos enquanto em 2017, considerando o mesmo período, o número foi de 80. A redução foi ainda maior se comparado o ano de 2015 e 2016, caindo de 252 para 115 ocorrências. Ao considerar os anos anteriores a 2017, no entanto, as ações criminosas ficaram mais fortes neste mês. Entre 2 e 7 de dezembro, foram registrados oito ataques com explosões em cofres e terminais eletrônicos. Foram alvo dos criminosos agências de Camamu, Malhada, Araci e distrito de Pilar, no município de Jaguarari. Segundo o Diretor do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) na Bahia, o delegado Marcelo Sansão, 75 prisões de pessoas ligadas às quadrilhas de ataques a bancos foram feiras. “De janeiro a outubro, tivemos um aumento de 1,4% das prisões, 72,2% nos óbitos de membros de quadrilhas que resistiram à ação da polícia e 80% de aumento na desarticulação de quadrilhas em relação ao mesmo período de 2016”, revelou delegado ao jornal A Tarde. Ainda de acordo com as informações, no ano passado foram desarticuladas cinco quadrilhas que agiam no ataque a bancos. O maior registro de queda no número de ataques aconteceu na região oeste da Bahia. Os números tiveram um impacto significativo entre janeiro e outubro, passando de 12 casos, em 2016, para duas ocorrências em 2017, registrando uma redução de 85,7%.

Foto: Reprodução/ G1

A partir de 2020, a inspeção veicular passará a ser obrigatória em todo o Brasil. A medida resulta de uma regulamentação publicada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Cotran), nesta sexta-feira (8). Apesar de ser prevista no Código de Trânsito Brasileiro, em vigor desde 1998, este tipo de vistoria não possuía regulamentação, e não havia sido implementada em âmbito nacional. Cabia a cada município estabelecer ou não uma lei para isso. Com a resolução desta sexta, a responsabilidade pela implantação do sistema de inspeção passa a ser de órgãos de trânsito estaduais, ou seja, caberá ao Detran de cada Estado garantir acesso a inspeção a todos os municípios até o dia 31 de dezembro de 2019.

Foto: reprodução

Mais de 489 mil estudantes realizaram a renovação de matrícula na rede estadual de ensino para o ano letivo de 2018, na mesma unidade escolar em que estudou em 2017. De acordo com o calendário da Secretaria da Educação do Estado, o próximo passo agora é a matrícula, que será realizada de 16 a 23 de janeiro, para todos os interessados em estudar nas escolas estaduais da capital e do interior. A matrícula poderá ser feita pela internet, pelo Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br) ou diretamente nas escolas. Os estudantes da rede estadual que perderam o prazo da renovação de matrícula ou que queiram se transferir de unidade escolar, devem se matricular no dia 16 de janeiro. Os estudantes concluintes das séries finais do Ensino Fundamental das escolas municipais devem se matricular nos dias 17 e 18.; os novos estudantes do Ensino Fundamental que venham da rede privada e de outros estados têm o dia 19 de janeiro para efetuar a matrícula. Já a matrícula para alunos novos do Ensino Médio e suas modalidades, incluindo a Educação Profissional e Tecnológica, que venham da rede privada e de outros Estados devem se matricular nos dias 22 e 23. A novidade para este ano foi a pré-matrícula, no mês de novembro, dos estudantes da Educação Especial, onde os pais ou responsáveis devem se dirigir nos dias 25, 26 e 29 de janeiro, às escolas que eles sinalizaram no ato da pré-matrícula, para confirmar a matrícula, portando os documentos necessários. “É importante ressaltar que os estudantes que não fizeram a renovação no primeiro momento, por algum contratempo, podem realizar no dia 16 de janeiro, seguindo todos os procedimentos de matrícula. Caso não lembrem do Código de Renovação, ele poderá resgatar no site do Portal da Educação, no endereço www.educacao.ba.gov.br. É bom que todos estejam atentos às datas de matrícula para garantir sua continuidade ou ingresso na rede estadual”, destacou o coordenador da matrícula da Secretaria da Educação do Estado, Marcus Machado. Os documentos necessários são os originais do histórico escolar ou atestado de escolaridade, e os originais e cópias da certidão de registro civil ou cédula de identidade, do CPF (para alunos da Educação Profissional e Tecnológica, 3ª série do Ensino Médio e Tempo Formativo III - EJA) e comprovante de residência. Para quem realizar a matrícula via internet ou em unidade escolar diferente daquela que irá frequentar em 2018, é obrigatório apresentar a documentação necessária à escola estadual para qual foi matriculado, seguindo o prazo determinado no comprovante a partir da data de efetivação da matrícula.

Foto: reprodução

Os estudantes da rede estadual, que quiserem garantir a vaga nas escolas onde estudam, têm até esta quinta-feira (30) para fazer a renovação de matrícula para o ano letivo de 2018.  O processo pode ser realizado pela internet, através do Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br), ou diretamente na unidade escolar onde o aluno está matriculado, tem frequência regular e está concluindo o ano letivo de 2017. Para a renovação, o estudante deverá recolher a carta de renovação na secretaria da escola onde estuda, sinalizar a intenção ou não de permanecer na unidade escolar onde está matriculado e devolver o documento para a escola. No caso de menores de 16 anos, é necessário que os pais ou responsáveis sinalizem a permanência ou não do aluno na escola e assinem o documento para a devolução. A outra opção é o estudante ou responsáveis (no caso de menos de 16 anos) utilizarem o código disponível na carta para acessar o sistema e renovar a matrícula pela internet. O coordenador da matrícula da Secretaria da Educação do Estado, Marcus Machado, fala sobre a importância do processo de renovação da matrícula. “A renovação é que vai garantir a vaga do aluno na mesma escola e no mesmo turno em que cursou em 2017. O estudante que não renovar a sua matrícula, não terá a vaga garantida na mesma unidade escolar e no mesmo turno para o ano seguinte, porém, de posse da carta que ele já recebeu da escola, utilizando o código contido no documento, ele poderá fazer a matrícula no dia 16 de janeiro, que é a data destinada à transferência dos alunos da rede estadual. Portanto, a renovação é importante porque se trata do momento em que a escola vai identificar o interesse do estudante em permanecer naquela unidade em que está matriculado”, destacou. A matrícula para os alunos novos ou para os alunos da rede que irão mudar de escola acontecerá em janeiro de 2018.

Páginas