Foto: reprodução

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), anunciou nesta segunda-feira (17), no Twitter, que o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) ficará, em média, 3,65% mais barato para os contribuintes baianos em 2019. Os valores constam em tabela a ser divulgada pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), nesta terça (18), juntamente com o calendário de pagamento do imposto. Com uma queda de 4,86%, os caminhões terão o maior alívio no valor do imposto. Já para os automóveis, a redução será de 3,2%, e para as motos, de 3,23%. Ônibus e micro-ônibus terão IPVA 3,66% menor. Para os veículos utilitários, o imposto cairá 3,28%. Os novos valores baseiam-se em pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), a partir dos preços praticados no Estado em outubro de 2018. As informações estarão disponíveis no site da Sefaz-BA (clique aqui). As informações são do Bahia Notícias.

Foto: reprodução/PMPA

Dois moradores do município de Ilhéus foram diagnosticados com sarampo, vítimas do tipo selvagem, que é compatível com o paciente que veio doente de Manaus (AM) no mês de setembro. Inicialmente, a suspeita era que o vírus pudesse ser vacinal, uma vez que os pacientes tinham sido imunizados recentemente. No entanto, um segundo exame realizado pela Fiocruz comprovou o mesmo genótipo do caso importado de Manaus, que circula no estado do Amazonas e na Venezuela. Diante do resultado dos exames, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) faz recomendação aos municípios para a notificação imediata de todo caso suspeito de sarampo que se enquadre na seguinte definição: pessoa com febre e exantema, acompanhada de tosse, coriza ou conjuntivite, independente da idade, situação vacinal anterior, deslocamento para áreas de risco nos últimos 30 dias ou contato com pessoas que tenham se deslocado para áreas de risco nesse período.  A Bahia não tinha casos autóctones de sarampo desde 1999. Em setembro de 2018, quando foi confirmado o caso importado de Manaus, a Sesab imediatamente orientou o município de Ilhéus a intensificação das ações de vacinação, vigilância, prevenção e controle. As informações são do Varela Notícias.

Foto: reprodução

por Clara Gibson,

A Bahia obteve nota 4,7 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) 2017. Apesar de ter superando a meta de 4,1, proposta pelo Ministério da Educação (MEC), o número apresentado pelo estado está abaixo da média nacional, que foi avaliada com 5,8. Em todo o país, apenas três estados não alcançaram as metas do MEC, entre eles o Amapá, Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul. O estado do Ceará obteve destaque por ter superado a meta proposta para 2017 em 1,4 ponto. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (3) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os resultados são apresentados em uma escala de 0 a 10. O índice é calculado a cada dois anos e leva em conta os anos iniciais e finais do ensino fundamental e o ensino médio. Na Bahia, o município de Itatim foi o que apresentou a melhor nota no 5º ano do ensino fundamental, avaliado em 7,1 e superando a meta em 3,2. A cidade de Licínio de Almeida apresentou a segunda melhor média estadual, alcançando a nota 6,8. Os municípios também foram os dois melhores em português e matemática, de acordo com a avaliação do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) em 2017 (veja aqui). Entre os piores índices do primeiro ano do ensino fundamental, Biritinga foi o município que obteve pior avaliação do estado no 5º ano, com nota 3,3. Dos 417 municípios existentes na Bahia, apenas 16 apresentaram nota maior ou igual a 6. Três municípios não foram avaliados. A respeito do 9º ano, o melhor município baiano foi Licínio de Almeida, avaliado com 6,0, superando a meta em 4,3. Em segundo lugar, ficou o município de Jacaraci, com nota 5,5, mesmo número proposto como meta pelo MEC. Os piores municípios da Bahia no ano de saída do ensino fundamental foram Itamari e Jussari, empatados com nota 1,9. A pesquisa não avaliou a qualidade do 9º ano em 21 cidades.

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

por Ulisses Gama,

O atacante brumadense Júnior Brumado, do Bahia, foi convocado para a Seleção Brasileira sub-20, que vai disputar amistosos contra  México e Japão, na Cidade do México. Ele se apresenta no dia 3 de setembro e, com isso, vai desfalcar o Tricolor nos jogos do Brasileirão contra Sport e São Paulo. Com 19 anos de idade, Brumado é o único atacante do grupo que joga em um clube do Brasil. Além disso, sua convocação é a única a representar a região Nordeste. Ele já marcou cinco gols pelo Bahia na temporada 2018.

Foto: reprodução

Na segunda-feira (16), as agências da Caixa voltaram a aceitar o pagamento das contas da Coelba. O impasse começou quando, de acordo com a Coelba, a Caixa apresentou um reajuste de 54% no valor da tarifa por fatura arrecadada, o que fez o serviço inviável para a companhia de energia. Desde o dia 1º de junho deste ano, as casas lotéricas de Salvador e outras cidades do interior não recebiam mais o pagamento dos boletos de energia. Segundo a Coelba, a Caixa apresentou um reajuste de 54% no valor da tarifa por fatura arrecadada. Os baianos enfrentaram longas filas para conseguir pagar as contas em questão. Após audiências, a Coelba e a Caixa entraram em acordo e as faturas de energia voltam ao modelo anterior, nas casas lotéricas e agências da Caixa.

Páginas