Fotos: Manu Dias/GOVBA

A partir desta quarta-feira (25), 1.571 estudantes universitários começam a trabalhar em secretarias e órgãos estaduais por meio do Partiu Estágio. Eles fazem parte da segunda turma de convocados do programa que oferece experiência profissional e inserção no mercado de trabalho a milhares de jovens baianos. Eles tiveram a contratação formalizada na tarde desta quarta-feira (25), pelo governador Rui Costa, que assinou termo de compromisso dos jovens, em evento realizado no Senai/Cimatec, em Salvador. Do total, 1.022 estudantes universitários serão alocados em Salvador e 549 irão ocupar vagas em órgãos estaduais do interior baiano. Na assinatura do termo de compromisso, o governador destacou que aposta "nesse trabalho pela convicção que aprendi, em casa, do poder da educação na transformação da vida das pessoas. É por isso que concebemos esse programa: para que os estudantes que vieram de escola pública, que cursam universidade pública ou universidade particular através do Fies ou Prouni tenham prioridade". Rui acrescentou que "com isso, criamos um dos maiores programas de estágio do país, com transparência, com clareza e sem indicações". Por meio do Partiu Estágio, universitários que ainda não conseguiram se inserir no mercado de trabalho garantem o acesso a uma vaga por um ano, com carga horária de 20 horas semanais e bolsa de R$ 455, além de auxílio transporte. Essa é a segunda etapa do programa estadual, lançado em abril deste ano. Os dois editais receberam, juntos, a inscrição de cerca de 45 mil estudantes. Nesta segunda etapa, o programa avançou ainda mais. “Temos dados importantes que mostram o avanço da experiência do Partiu Estágio. Nessa fase, 68% dos estudantes são mulheres, 78% estão inscritos no CadÚnico, 86% são pretos e pardos e 94% oriundos de escola pública. Será uma grande experiência de aprendizagem no setor público para esses jovens. Isso é política pública de educação e de inclusão", explicou o secretário estadual da Administração, Edelvino Góes. Para se inscrever no programa, o estudante deve ter, no mínimo, 16 anos, concluído pelo menos 50% do curso e estar regularmente matriculado em cursos de graduação presencial e em instituições de ensino com sede na Bahia. Além disso, a prioridade é para estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e para aqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada. Morador de Alagoinhas, Jhonnes Vital estuda Ciências Contábeis e vai estagiar na Universidade do Estado da Bahia (Uneb). “Eu fico feliz de fazer parte dessa ação, porque muitas empresas querem alunos com experiência, mas poucas estão dispostas a oferecer essa oportunidade. O Governo do Estado decidiu abrir essa porta para nós", disse o estudante, que comemora a primeira chance profissional. Além do Partiu Estágio, outros dois programas de apoio estudantil estão sendo implementados pelo Governo do Estado. Lançado em novembro do ano passado, o Primeiro Emprego está na terceira etapa. A iniciativa já contratou 2.448 jovens, enquanto 929 encontram-se em processo de contratação. A meta é oferecer 9 mil vagas até 2018 para jovens oriundos das escolas de educação profissional da rede estadual da Bahia ou que concluíram o ensino médio e cursaram uma qualificação profissional na rede pública do Estado. Já o Mais Futuro concede auxílio financeiro de R$ 300 para universitários que estudam a até 100 quilômetros da cidade de origem ou R$ 600 mensais para aqueles que moram a mais de 100 quilômetros do campus onde estão matriculados. A expectativa do segundo edital é atingir 2 mil jovens. As inscrições estão abertas e se estendem até o próximo dia ‪3 de novembro‬.
 

Foto: Reprodução / Em Tempo

A 22ª edição do Carnalfenas que iria acontecer nos dias 27 e 28 de outubro, em Alfenas, Minas Gerais, não será mais realizada. Em nota, a assessoria informou que "circunstâncias contrárias à nossa vontade e comentários negativos fizeram com que ocorresse uma grande baixa na adesão dos ingressos de 2017". Entre as atrações estavam Claudia Leitte, Bell Marques, Leo Santana, Rafa e Pipo Marques e Tuca Fernandes. Este é o segundo evento com Bell e Claudinha cancelado em outubro. Na última semana, os organizadores do carnaval fora de época de Patos, Paraíba, anunciaram que o "Patos Fest", que seria realizado nos dias 20, 21 e 22, também seria cancelado principalmente pelo “fato de que as vendas dos abadás não foi suficientes para a realização". Harmonia do Samba também integrava a grade de atrações.

Fonte: Bahia Notícias

Foto: Divulgação

Localizada em brumado (BA) Quartzolar é a primeira empresa no ramo de Argamassa e rejunte na Bahia a ter a certificação de qualidade ISO 9001/2015. Ciente da crescente demanda do público por qualidade, a Quartzolar empresa fabricante de Argamassas e Rejuntes vem cada vez mais a confirmar o que sempre pregou: Qualidade e atenção ao atender seus clientes. Para reforçar esse compromisso ainda mais, a empresa foi oficialmente certificada com o selo de qualidade ISO 9001/2015, o que representa um padrão de qualidade de produtos e serviços por uma empresa através de processos de melhoria contínua. Focada na qualidade dos seus produtos e serviços, e na confiança dos clientes, a Quartzolar iniciou sua caminhada rumo à certificação. Essa fase de implementação foi uma excelente oportunidade para a Quartzolar conhecer e controlar melhor os processos e acima de tudo buscar um alto nível no desempenho operacional da empresa, com treinamentos, reuniões e auditorias internas sistemáticas. Para a obtenção do certificado a Quartzolar passou por um rigoroso processo de auditoria realizado pela BRUTV, que comprovou o alinhamento da empresa às normas, bem como sua atuação voltada para a melhoria contínua na qualidade dos produtos e serviços prestados e a preocupação em atender bem os seus clientes.

Foto: reprodução

As provas nacionais de Língua Portuguesa e Matemática do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB)/ Prova Brasil 2017 começaram a ser aplicadas, nesta segunda-feira (23), em todo o país nas escolas públicas e particulares. Na rede estadual de ensino, a Prova Brasil inclui estudantes do 5º e 9º anos do Ensino Fundamental, da 3ª  série do Ensino Médio e da 4ª série da Educação Profissional, contemplando as escolas públicas das zonas urbanas e rurais. Cada escola tem uma data específica de aplicação, até o dia 3 de novembro, que foi agendada diretamente pela empresa responsável pela aplicação com os gestores escolares. Todos os estudantes matriculados nas séries correspondentes devem fazer a prova, cujos resultados servirão de base para o replanejamento de ações pedagógicas, visando a melhoria dos processos de ensino e de aprendizagens. Para a aplicação das provas, as escolas estão seguindo orientações encaminhadas pelo INEP/MEC. Uma destas orientações diz respeito ao acesso às dependências das unidades escolares, que fica restrito aos estudantes, professores, gestores, funcionários e à equipe responsável pela aplicação. “O INEP nos informou que esta é uma medida de segurança para garantir o sigilo das provas e o não vazamento de informações, tendo em vista que o período de aplicação chega a nove dias úteis”, informou a superintendente de Gestão da Informação da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Cristiane Ferreira. Cristiane acrescenta que as orientações definem até como deve ser a permanência do professor em sala de aula. “Se o professor quiser acompanhar a aplicação, ele deve assinar um termo de sigilo, compromisso e confidencialidade, além de ser proibido o uso de objetos eletrônicos”, ressaltou. Apesar deste rigor na aplicação, a superintendente chama a atenção para a importância da realização da prova. “Este é um diagnóstico importante para a rede, mas não vai aprovar ou reprovar nenhum estudante. Por isto, é fundamental que o estudante participe e que a escola mantenha um clima de engajamento para refletir a sua realidade”. As avaliações irão testar conteúdos ligados à leitura e interpretação de textos diversos, no caso de Língua Portuguesa, e questões voltadas à resolução de problemas, no caso da Matemática. As provas serão devolvidas para as empresas responsáveis pela aplicação e análise dos resultados. Os dados serão encaminhados para o INEP/MEC e disponibilizados em 2018.  

Foto: reprodução

A edição desta sexta-feira (20) do Diário Oficial do Estado publicou os cronogramas de convocações dos candidatos aprovados nos concursos para oficiais e soldados da Polícia Militar da Bahia (PMBA), para a realização das avaliações médica e odontológica, e também do Teste de Aptidão Física (TAF). Os concursos para o Curso de Formação de Soldados (CFSd) e o Curso de Formação de Oficiais (CFO) contam ainda com as etapas de avaliação psicológica, investigação social e entrega de documentação. Os candidatos devem estar atentos às instruções publicadas para as realizações dos exames a fim de evitar eliminação do certame.

Páginas