Foto: reprodução

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) informa que, para possibilitar a realização de serviços emergenciais, nos equipamentos de bombeamento da barragem de Cristalândia, a oferta de água para fornecimento no Sistema Integrado de Abastecimento de Água de Brumado, que também atende à cidade de Malhada de Pedras, encontra-se reduzida nesta terça (05). O abastecimento será retomado gradativamente após a conclusão dos trabalhos prevista para o início da noite de hoje. Os moradores que possuem reservatório com capacidade de armazenamento suficiente para o atendimento das necessidades diárias não sentirão os efeitos da interrupção. Neste período, a Embasa recomenda que os moradores mantenham a economia, consumindo de forma racional a água armazenada nos reservatórios domiciliares.

Foto: Divulgação

Em Gil Móveis Planejados você sonha e a gente realiza. Chegou em Brumado uma empresa compromissada em entregar produtos de qualidade, com acabamento impecável, do jeito que você sempre sonhou. Gil Móveis Planejados chegou para revolucionar o mercado, oferecendo móveis de qualidade, com designer de interiores criativo e descontos incríveis. Faça já o seu orçamento através dos telefones; (77) 9.9928-5725 / 9.9812-2030 ou se preferir dirija até o endereço; Avenida Mestre Eufrásio, nº 1016B em Brumado. 

Foto: Divulgação
Foto: Reprodução

Por Estadão Conteúdo,

Pelo menos 904 mil pessoas esperam por uma cirurgia eletiva – não urgente – no Sistema Único de Saúde (SUS). Parte desses pacientes aguarda o procedimento há mais de 10 anos. Isso é o que mostra levantamento inédito feito pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) com dados das secretarias da Saúde dos Estados e das capitais brasileiras obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação. A demora para realizar procedimentos, afirmam especialistas, pode agravar o quadro dos pacientes.  Segundo a entidade, o número de demandas represadas é provavelmente mais alto, já que somente 16 Estados e 10 capitais responderam. Há ainda a fila por procedimentos nos serviços de saúde federais. O levantamento revela também que a quantidade de pessoas que aguardam cirurgia no sistema público é maior do que o medido pelo Ministério da Saúde. Em julho deste ano, a pasta divulgou a primeira lista única desse tipo de procedimento – antes disso, os números eram registrados só pelos Estados e municípios e nunca haviam sido centralizados. Na ocasião, a pasta informou que a fila era de 804 mil solicitações no País. Na última semana, novo balanço apresentado pelo ministério apontou que, após avaliação feita pela ouvidoria, o número caiu para 667 mil pedidos porque havia duplicidade de cadastros na primeira lista. “Tanto o número do ministério quanto o levantado pelo CFM são subestimados porque parte dos Estados não respondeu ou não tem os dados organizados. Há ainda aquelas pessoas que precisam da cirurgia, mas nem sequer têm acesso ao especialista que dá o encaminhamento”, destaca o presidente em exercício do CFM, Mauro Luiz de Britto Ribeiro. O próprio ministro da Saúde, Ricardo Barros, admitiu ao jornal O Estado de S. Paulo haver falhas de informação nas listas passadas pelos governos locais à pasta. “Quando os Estados começaram a fazer mutirões, constatamos que a maioria das pessoas que passaram pelas cirurgias não constavam da lista inicial passada pelo Estado. Isso demonstra que nossa fila não era exata”, diz ele, referindo-se aos mutirões realizados pelos Estados com verba extra federal repassada após a criação da fila única, em julho.  Ao menos 750 pedidos de cirurgias no País estão na fila há mais de 10 anos. No Estado de São Paulo, há casos em que o paciente aguarda desde 2005, recorde entre os Estados que responderam ao CFM. Na rede paulista, 143 mil esperam por cirurgia eletiva. À reportagem, a secretaria paulista disse que a demanda reprimida por cirurgias eletivas é uma realidade nacional, causada sobretudo pela defasagem na tabela de valores de procedimentos hospitalares do ministério, “congelada há anos e que não cobre os reais valores dos atendimentos”. Disse também que o número anual de procedimentos feitos sob gestão do Estado subiu 21% nos últimos sete anos, de 179,2 mil para 217,1 mil. Segundo o órgão, também são feitos mutirões de cirurgias. Entre os procedimentos com o maior número de demandas represadas no Brasil estão as cirurgias de catarata (113.185), correção de hérnia (95.752), retirada da vesícula (90.275), varizes (77.854) e de amídalas ou adenoide (37.776). Só estes cinco tipos concentram quase metade de todos os pedidos na fila.

Quartzolar Argamassa e Rejuntes!

Os produtos Quartzolar são o que existe de melhor no setor, com os melhores preços, durabilidade e economia surpreendente, pois os produtos rendem muito mais, sendo destaque e reconhecida em todo nordeste e parte do Brasil. Os produtos deixarão o seu ambiente com um aspecto moderno e com um acabamento impecável. A empresa Quartzolar - começou atendendo a clientela local, depois atuando nas cidades circo vizinhas e atualmente atende toda a Bahia, norte de Minas e sudoeste do Piaui, com produtos excelentes e de fácil aplicação.  Para maiores informações e compras entre em contato através dos telefones 0800 024 3077 ou (77) 99145-8824, através do site www.quartzolar.com.br ou do endereço eletrônico (e-mail) sac@quartzolar.com.br.

Páginas