Bahia é o 7º estado em geração de empregos formais no mês de agosto

Bahia é o 7º estado em geração de empregos formais no mês de agosto
Foto: reprodução

O número de postos de emprego formal cresceu na Bahia no mês de agosto. 2.490 vagas de trabalho com carteira assinada foram geradas no Estado, que ocupa a quinta colocação no ranking de geração de emprego no Nordeste e a sétima em esfera nacional. No Brasil o número de vagas cresceu pela quinta vez consecutiva (veja aqui). Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira (21), e apontam ainda que a Bahia registrou 48.068 admissões e 45.578 demissões. Setorialmente, em agosto, cinco segmentos que contabilizaram saldos positivos foram: Construção Civil (+2.396 vagas), Indústria de Transformação (+335 vagas), Serviços (+238 vagas), Serviços Industriais de Utilidade Pública (+34 vagas) e Extrativa Mineral (+17 vagas). Os setores que desligaram trabalhadores celetistas foram: Comércio (-461 postos), Agropecuária (-35 postos) e Administração Pública (-34 postos).