Brumado: Dr. Tiago Amorim questiona projeto de Lei que será votado na câmara nesta sexta-feira

Brumado: Dr. Tiago Amorim questiona projeto de Lei que será votado na câmara nesta sexta-feira
Foto: reprodução / Facebook

Autor: Dr. Tiago Amorim,

Na próxima sexta-feira, 08/12, às 09 horas, a Câmara de Vereadores votará o Projeto de Lei n°047/2017, de Autoria do Prefeito Eduardo Vasconcelos, que libera o pagamento de férias, 13° salário para Prefeitos, Vices, Vereadores e Secretários Municipais. ''Este projeto de Lei trata-se de uma imoralidade escancarada, tendo em vista devido ao momento atual que o Município atravessa, onde áreas essenciais sendo deixadas de lado, como falta de pavimentação das ruas, filas imensas na Central de marcação, Hospital Magalhaes Neto superlotado por falta de médicos, os servidores com salários defasados, etc. Além disso, a dilapidação dos cofres públicos será irreparável e este gasto será de mais de R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais) ao final de cada legislatura. A sociedade clama por gestores que querem moralizar a função de ocupantes de cargos eletivos, não recaindo os representantes na “busca de dinheiro fácil”. Em nosso Município a maioria da população é de assalariados, vivem dignamente com muito pouco, sendo um absurdo e desproporcional que os AGENTES PÚBLICOS, eleitos pelo povo, recebam remuneração tão alta. A título de comparação, o piso salarial nacional dos professores em regime de 20 horas vigente, gira em torno de R$ 1.200,00. Vale lembrar que há poucos meses atrás outros projetos nocivos a população, como diminuição da licença maternidade de 6 meses para 4 meses, extinção da concurso público para Guarda Municipal e motorista foram aprovados na Câmara de Vereadores!! Esperamos que a Câmara Legislativa REPROVE ESSE PROJETO MALEFÍCO para o bem da população de Brumado, pois outras áreas essências precisam UREGENTEMENTE de atenção do PODER PÚBLICO. Contamos com presença de todos na próxima sexta-feira''. Disse o advogado em seu perfil no Facebook.