Brumado: Leo Vasconcelos vai responder criminalmente por falsificação de documentos

Brumado: Leo Vasconcelos vai responder criminalmente por falsificação de documentos
Foto: Divulgação/ CMB
O atual presidente da Câmara de Vereadores de Brumado, Leonardo Quinteiro Vasconcelos, foi denunciado pela prática de falsificação de documentos, fato esse, ocorrido no ano de 2007, quando ele também era presidente da Câmara.  Em resumo, consta que em fevereiro do ano citado ele enviou ofício ao Prefeito, para que as despesas com energia elétrica da Câmara fossem custeadas pela municipalidade. Para lograr êxito com tal isenção o acusado alterou o texto do Código Tributário do Município, inserindo declaração falsa, fazendo com que o TCM se manifestasse no sentido da obrigatoriedade de o Município custear aquelas despesas. A provável farsa foi constatada pelo Município, que comunicou o fato ao Ministério Público. Leonardo Quinteiro Vasconcelos tem até 10 dias para apresentar defesa prévia. O caso esta sendo  julgado pelo Juiz de Direito, Genivaldo Alves Guimarães.