Desembargador que soltou Geddel diz que ele pode pegar mais de 80 anos de prisão

Desembargador que soltou Geddel diz que ele pode pegar mais de 80 anos de prisão
Foto: reprodução

Por Redação Varela Notícias,

O desembargador Ney Bello, responsável por conceder o benefício de prisão domiciliar a Geddel Vieira Lima, disse em sua decisão que o ex-ministro pode pegar mais de 80 anos de prisão. Um trecho da decisão mostra que o magistrado não descarta a possibilidade de Geddel ter se envolvido em ações criminosas. “Acaso verdadeiro o que se diz no decreto prisional – que Geddel Vieira Lima se apossou de mais de R$ 20 milhões por sua intermediação para a liberação de recursos da Caixa para J&F, Mafrig, Alpargatas, Seara e Bertin – será o caso de sanção criminal que pode chegar a mais de 80 anos de cárcere”, diz. O desembargador justificou a concessão de prisão domiciliar ao fato de que não existem fatos recentes que justifiquem a reclusão, como alegou o Ministério Público.