Dinheiro desviado era usado para campanhas políticas; operação atinge Conquista e outros municípios

Dinheiro desviado era usado para campanhas políticas; operação atinge Conquista e outros municípios
Foto: reprodução

Por Rodrigo Ferraz,

A Polícia Federal realiza uma grande operação em Vitória da Conquista e região. Segundo informações obtidas pela reportagem do Blog do Rodrigo Ferraz, a operação visa atingir empresários, políticos e servidores de prefeituras. A iniciativa visa investigar, principalmente, desvio de verbas na educação entre os anos de 2010 e 2016. Viaturas foram vistas em Conquista e Itambé, além de outros municípios da região e também em Minas Gerais. Eram utilizadas três cooperativas de fachada, já que não havia concorrência nas licitações. Os mandados estão sendo cumpridos nas cidades baianas de Barra do Choça, Cândido Sales, Condeúba, Encruzilhada, Ribeirão do Largo, Gandu, Itambé, Jequié, Piripá, Vitória da Conquista, Tanhaçu, Ipirá, Salvador, Barreiras, Luís Eduardo Magalhães e Formosa do Rio Preto. Em Minas Gerais, a operação ocorre na cidade de Mata Verde. Segundo as investigações, iniciadas em 2013, três falsas cooperativas que pertenciam a um mesmo grupo, vencedoras de licitações recorrentes, desviavam recursos públicos obtidos através de contratos celebrados com diversos municípios, na área de transporte, sobretudo escolar. Com os dados obtidos foi possível verificar que essas cooperativas serviam apenas de “fachada”, não havendo concorrência entre elas uma vez que as vencedoras eram definidas previamente.