Em decreto de prisão, Moro determina que Lula não seja algemado 'em nenhuma hipótese'

Em decreto de prisão, Moro determina que Lula não seja algemado 'em nenhuma hipótese'
Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula

Ao decretar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) (leia mais), o juiz Sergio Moro proibiu o uso de algemas. "Vedada a utilização de algemas em qualquer hipótese", consta no decreto. Além disso, para preservar a integridade do ex-presidente por conta do cargo que ocupou, ele deverá ficar em uma sala reservada na Superintendência da Polícia Federal. Moro ainda permitiu a apresentação voluntária de Lula à Polícia Federal em Curitiba até às 17h do dia 06, esta sexta-feira, quando deverá ser cumprido o mandado de prisão. As informações são do Bahia Notícias.