Justus admite disputar Presidência em 2018: 'Se for bom para o país'

Justus admite disputar Presidência em 2018: 'Se for bom para o país'
Foto: reprodução

Após ter seu nome cogitado para a corrida presidencial em 2018, o empresário Roberto Justus admitiu nesta segunda-feira (21) que pode se vir a se candidatar. “Depois do Donald Trump e do João Doria todo mundo que fez o reality show Aprendiz virou candidato. Eu não admitia nem a possibilidade, porque eu não sou político. Mas já não descarto. Se for bom para o País, eu posso sim ser candidato”, afirmou, em entrevista à Coluna do Estadão, do jornal O Estado de São Paulo. Justus ainda não é filiado a nenhum partido, mas diz que já há diversos partidos “flertando” com ele. Ele preferiu não revelar as siglas que o cortejam. Nesta segunda-feira (21), o empresário participou da primeira reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, o “Conselhão”, que reúne representantes de diversos entes, incluindo a classe empresarial. A reunião teve a participação do presidente Michel Temer. Ele disse ter se surpreendido com a eficiência da reunião, da qual não tinha boa expectativa por envolver um número grande de pessoas envolvidas.