Previdência perdeu 1,4 milhão de contribuintes por causa do desemprego desde 2014

Previdência perdeu 1,4 milhão de contribuintes por causa do desemprego desde 2014
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

A Previdência Social perdeu 1,4 milhão de contribuintes desde 2014, período em que se considera o início da recessão. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados nesta terça-feira (31), apontam que o movimento se intensificou em 2017, quando o percentual de trabalhadores que contribuem para a aposentadoria caiu para 63,8% no trimestre encerrado em setembro - mesmo nível observado no início de 2014. No ano passado, 65,5% da força de trabalho ocupada continuou contribuindo com a Previdência, apesar da alta do desemprego. Por outro lado, a receita da contribuição tem apresentado pequena recuperação neste ano. Até agosto, foi registrada alta de 4,6% em relação a 2016. De acordo com a Folha, a queda recente na proporção de contribuintes acende um alerta para o rombo que sobe anualmente. A discussão da reforma está em tramitação no Congresso e, com a proximidade das eleições, analistas apostam na aprovação de uma versão diluída do projeto. Bahia Notícias.