Foto: Se liga Brumado

Alguns caminhoneiros que não aderiram a greve tentavam desviar do trecho bloqueado utilizando rotas em estradas vicinais, porém, os manifestantes começaram a montar barreiras em pontos estratégicos. Uma dessas barreiras foi montada no anel viário da BR-030, onde faz ligação do Bairro Esconso com uma estrada vicinal que leva a várias cidades regionais, sendo uma rota alternativa para os caminhoneiros que não queriam ser parados na manifestação. Terra e entulhos foram utilizados na barricada que interditou parcialmente a via. A greve continua. 

Foto: reprodução

No dia 24 de maio, o Tiro-de-Guerra 06-024, dando continuidade as atividades do Maio Amarelo, recebeu a visita do Coordenador de Educação no Trânsito da Prefeitura Municipal de Brumado - Jansem Ricardo, onde basicamente abordou temas falando de um conjunto de ações preventivas que envolve todos os atores (motoristas, pedestres e ciclistas) para tornar o trânsito um lugar mais seguro, evitando acidentes e mortes. Destacou ainda, que os acidentes de trânsito representam a maior causa de morte de jovens entre 15 e 29 anos no mundo. No Brasil, pessoas entre 20 e 29 anos representam 38% das vítimas de acidentes de trânsito. Os adolescentes a partir de 14 anos são a segunda categoria de vítimas jovens no trânsito e, anualmente, no Brasil, cerca de 7 mil crianças com idade até 7 anos ficam inválidas permanentemente.

Foto: reprodução

A Embasa divulgou comunicado na tarde desta quinta-feira (24) pedindo que a população economize água por conta dos protestos feitos por caminhoneiros em diferentes rodovias do país. Segundo a empresa de saneamento, os bloqueios nas estradas estão dificultando o transporte de produtos químicos usados para a produção de água tratada. "A população deve economizar água e usá-la de forma racional até que a entrega de produtos químicos e de combustível, prejudicada pelos bloqueios nas estradas do país desde a segunda-feira (21), seja normalizada", diz o texto. A Embasa destacou ainda que está priorizando atendimentos de emergência por conta da escassez de combustíveis. "A empresa está priorizando a realização de serviços de manutenção programados e emergenciais que sejam mais urgentes e inadiáveis", acrescentou a nota.

O juiz federal Marcelo Rebello Pinheiro, do Distrito Federal, atendeu ao pedido da União e concedeu liminar para assegurar a imediata liberação do tráfego em seis rodovias federais: BR-040, BR-050, BR-060, BR-070, BR-080 e BR-251. “Não se cuida, sob nenhuma perspectiva, de impedir o direito de manifestação daqueles que atualmente ocupam as rodovias, apenas necessária intervenção judicial para coibir o excesso nas condutas noticiadas, sobretudo no que se refere à obstrução total do tráfego de veículos nas regiões indicadas”, afirmou o juiz federal em sua decisão. Marcelo Rebello Pinheiro também autorizou a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Federal a adotarem “medidas indispensáveis ao resguardo da ordem e, principalmente, para segurança das pessoas afetadas com o movimento paredista”, como pedestres, motoristas, passageiros e os próprios participantes do movimento O juiz federal do DF ainda permitiu o uso da força policial para assegurar que, no processo de desobstrução das rodovias, “não sejam praticados atos ilícitos ou depredatórios”. A decisão do juiz foi feita no âmbito de um processo de reintegração de posse da União contra a Associação Brasileira de Caminhoneiros (Abcam) e/ou “pessoas incertas e não conhecidas”.

Páginas