Foto: Divulgação

Por Estadão Conteúdo,

Cerca de 116 milhões de brasileiros acessavam a internet em 2016, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua 2016: acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel para uso pessoal (Pnad Contínua – TIC 2016). Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira.  O estudo mostra ainda que 94,6% dos usuários de internet no país acessaram a rede por celular.  O total de conectados equivale a 64,7% da população com 10 anos ou mais de idade. Segundo Cimar Azeredo, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, os brasileiros estão usando a internet como uma forma de comunicação mais barata e alternativa às tradicionais ligações telefônicas. O avanço da telefonia móvel facilitou a comunicação país afora, assim como o acesso dos brasileiros à rede. “Com WhatsApp e outro aplicativos, fica mais barato você passar uma mensagem para alguém, basta estar num guarda-chuva de wi-fi. A pessoa pode estar em outro estado, em outro país. Facilita muito, isso aproxima as pessoas que estão distantes”, lembrou Azeredo. Em todo o país, 138 milhões de brasileiros possuíam telefone móvel celular para uso pessoal em 2016. Apesar do avanço em relação a anos anteriores, cerca de 22,9% das pessoas com 10 anos ou mais de idade ainda não o tinham. Desta parcela, 25,9% consideravam o aparelho caro; 22,1% alegavam falta interesse; 20,6% usavam o de outra pessoa; e 19,6% não sabiam usá-lo. Entre as pessoas que acessaram a rede em 2016, 94,2% usaram aplicativos e redes sociais para troca de mensagens de texto, voz ou imagens. A segunda finalidade mais citada foi assistir a vídeos, programas, séries e filmes (76,4%), conversar por chamada de voz ou vídeo (73,3%) e enviar ou receber e-mail (69 3%). A proporção de desconectados no país ultrapassava um terço da população. Cerca de 65,3 milhões de pessoas com 10 anos ou mais de idade não utilizaram a internet em 2016 (35,3% do total), ou porque não sabiam usar (37,8%), ou por falta de interesse (37 6%), ou por considerar o serviço caro (14,3%). Embora a tendência seja de melhora em relação a anos anteriores, mais de 30% dos lares brasileiros ainda estavam desconectados no ano da pesquisa. Os principais motivos listados para não usar a internet na residência foram falta de interesse (34,8%), custo alto do serviço (29,6%) e desconhecimento dos moradores sobre como navegar na rede (20,7%). “Os dados de pobreza vão dialogar muito com esses dados de acesso à internet. Nos locais com menos domicílios com acesso à internet, o rendimento é menor, o grau de instrução da população é mais baixo, isso vai influenciar os resultados”, lembrou Azeredo. O computador foi o único meio de acesso à internet em apenas 2,3% dos domicílios do país, mesmo presente em 57,8% deles. Em 77,3% das residências conectadas havia o uso da banda larga móvel (3G ou 4G), superando o da banda larga fixa (71,4%). A predominância da banda larga móvel crescia em áreas onde a infraestrutura de rede é mais precária. “O acesso à internet via celular é especialmente importante para essas regiões Norte e Nordeste”, disse Maria Lucia Vieira, gerente da Pnad.

Foto: reprodução

Com o envio de cartas cada vez mais raro, os Correios estão focados na entrega de encomendas e devem investir cerca de R$ 20 milhões para distribuir smartphones para 58.679 de seus profissionais nas ruas, em todo o Brasil. A ideia é facilitar o serviço de restreio de pacotes e fazer uma atualização do sistema em tempo real. Na Bahia, cerca de 20% dos carteiros já receberam smartphones, o que torna possível utilizar a localização GPS dos aparelhos para ter informações em tempo real de onde está a encomenda; além disso, os funcionários não terão mais que voltar para a central para conseguir atualizar o status da entrega. As mudanças anunciadas pela empresa para este ano também incluem novas modalidades de entrega, que prometem dar opções muito mais atraentes para as compras à distância e/ou via internet. Quem não tem tempo para ficar em casa esperando para receber uma encomenda, pode usar o serviço “Clique e Retire”. Por meio dele, a loja faz a entrega em agências específicas que ficam abertas à noite e aos fins de semana, por exemplo. Assim fica mais fácil para o cliente ir até o local e retirar seu produto. Por meio de nota, os Correios afirmaram que o serviço “Clique e Retire” também já está disponível na Bahia “para todas as lojas do país que desejem oferecer essa opção a seus clientes, tanto para aquelas que não possuem pontos físicos quanto as que desejam ampliar sua capilaridade”. “Para isso, basta que elas realizem a integração com web service dos Correios. Recentemente, dois grandes varejistas do comércio eletrônico já divulgaram que estão utilizando o Clique e Retire e outros estão em processo de integração. Mais informações no link https://www.correios.com.br/para-voce/correios-de-a-a-z/clique-e-retire”, diz ainda o comunicado.

Padaria União Santos

A Padaria União Santos vem se destacando, oferecendo qualidade, experiência, capricho e profissionalismo de uma equipe especializada, que oferecem produtos diversos e com sabores incomparáveis. A Padaria União Santos aceita encomendas para todos os tipos de eventos, basta ligar para o número (77) 3441-3642 ou se dirigir até a empresa que fica localizada na Av. Otávio Mangabeira, no bairro Nobre, próxima à escola Nossa Senhora de Fátima. Seu evento merece as delicias da Padaria União Santos.

Foto: REUTERS/ Shamil Zhumatov

Um foguete russo pode ter provocado o clarão que foi visto no céu de Salvador na noite desta segunda-feira (20) (assista aqui). Na última sexta-feira (16), o site Mistérios do Espaço divulgou que a Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon) previu a queda dedestroços para aquela noite. O foguete foi lançado esta semana na Rússia e deveria levar mantimentos para a Estação Espacial Internacional. Porém, caso voltasse à Terra por algum motivo, sua rota previa que pedaços cairiam exatamente sobre o Brasil. De acordo com o site, a possibilidade foi calculada pelo especialista Joseph Remis. A página "Mistérios do Espaço" é a maior de Astronomia do país e foi criada por um jovem de 17 anos de Conceição do Coité, na Bahia (relembre aqui).

Foto: reprodução

O cantor Daniel Diau confirmou no final da tarde de terça-feira (20) através de um vídeo postado nas redes sociais da banda Calcinha Preta a sua volta. “Os bons filhos a sua casa retornam” bradou o vocalista que promete muita novidade nesse retorno. A banda Calcinha Preta, de Sergipe, é um fenômeno do forró eletrificado. A novidade pegou todos de surpresa e enlouqueceu os fãs da banda que esperam reviver os tempos dourados da famosa banda de forró.

Páginas