Foto: reprodução/SBT

Morreu nesta terça-feira (16), em São Paulo, o ex-repórter policial Gil Gomes, famoso na década de 90. Gil Gomes tinha 78 anos e foi diagnosticado com mal de Parkinson desde 2005. Ele passou mal em casa e foi encaminhado para o Hospital São Paulo, na zona sul da cidade, mas não resistiu. Com uma voz inconfundível, Gil Gomes ficou conhecido nacionalmente como repórter do antigo programa Aqui Agora, do SBT. Relembre.

Foto: reprodução

O Palácio do Planalto informou nesta segunda-feira (15) que não haverá adiamento do início do horário de verão, de acordo com o G1. O governo decidiu manter a data de 4 de novembro. No início do mês, o a presidência chegou a comunicar a decisão de adiar o início do horário de verão para 18 de novembro, a pedido do Ministério da Educação (MEC). A intenção do ministério era evitar prejuízos aos estudantes que farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cuja primeira prova está marcada para 4 de novembro – a segunda prova será no domingo seguinte (11). O argumento é que a necessidade de adiantar os relógios em uma hora pode confundir os candidatos. “Conforme decreto assinado pelo presidente Michel Temer, o horário de verão começará no dia 4/11. Não haverá adiamento”, informou. As informações são do Bahia Notícias. 

Foto: Divulgação

Por Bahia Notícias, 

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Carlos Horbach ordenou que o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) remova seis postagens no Facebook e no YouTube em que faz críticas ao livro “Aparelho Sexual e Cia.” e afirma que a obra integraria material a ser distribuído a escolas públicas na época em que Fernando Haddad (PT) comandava o Ministério da Educação. Em um vídeo, o presidenciável afirma que o livro é uma “coletânea de absurdos que estimula precocemente as crianças a se interessarem pelo sexo” e é uma “porta aberta para a pedofilia”. Além disso, o candidato do PSL afirma que esse é “o livro do PT”. Em nota, o Ministério da Educação (MEC) já afirmou que não produziu nem adquiriu ou distribuiu “Aparelho Sexual e Cia.”, esclarecendo que o livro é uma publicação da editora Companhia das Letras publicada em 10 idiomas. “É igualmente notório o fato de que o projeto ‘Escola sem Homofobia’ não chegou a ser executado pelo Ministério da Educação, do que se conclui que não ensejou, de fato, a distribuição do material didático a ele relacionado. Assim, a difusão da informação equivocada de que o livro em questão teria sido distribuído pelo MEC gera desinformação no período eleitoral, com prejuízo ao debate político, o que recomenda a remoção dos conteúdos com tal teor”, concluiu Horbach.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Se liga Brumado. É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.

Foto: reprodução

A Prefeitura Municipal de Brumado, por intermédio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania – SESOC, torna público a relação dos estudantes aptos a receberem a Bolsa Estudantil, haja vista terem atendidos os critérios estabelecidos no Programa de Acesso Estudantil ao Ensino Superior - PAEES, instituído pela Lei nº 1.810, de 28 de setembro de 2017 e regulamentado pelo Decreto nº 5.011 de 2017. No período estabelecido para reabertura de novos cadastros, 34(trinta quatro) estudantes realizaram as inscrições on-line e entregaram os documentos comprobatórios, sendo que, destes 24(vinte e quatro) se encaixaram no perfil do Programa e, apenas, 18(dezoito) foram contemplados devido a quantidade de bolsas disponíveis, vide relação em anexo. Para receber a Bolsa Estudantil, os estudantes aptos deverão entregar o comprovante de matrícula do atual semestre; 01(uma) foto 3x4 e comprovante de conta bancária do Banco Brasil, estes que deverão ser apresentandos no dia 15, na sala de treinamento da Prefeitura a partir das 14h. Para acesso a lista e mais informações clique aqui

Foto: reprodução

Por Varela Notícias, 

Um peixe considerado perigoso para a vida marinha foi supostamente visto em um vídeo submarino feito por um suposto mergulhador no mar da Bahia. A imagem divulgada no mês retrasado soou o alerta na sede do Parque Nacional Marinho de Abrolhos, no sul da Bahia, nos últimos dias. O peixe-leão, que também é conhecido como peixe-escorpião, tem no leque de barbatanas espinhos venenosos, que pode colocar em risco a vida marinha. Isto porque, além do perigo que ele pode trazer aos outros animais e aos mergulhadores, no mar brasileiro ele não possui predadores naturais. Um único animal desta espécie é capaz de devorar, em pouco mais de um mês, 80% de todos os organismos vivos de uma área de recife de coral, com cerca de 10.000 m². Segundo o pesquisador brasileiro, Luiz Rocha, o peixe “é como um felino dentro de um galinheiro”. “Ainda não temos certeza se a imagem era autêntica ou fruto de uma brincadeira de mau gosto, mas estamos convocando as pessoas que estavam no barco para prestar esclarecimentos. Passamos uma semana mergulhando no mesmo local e não vimos nenhum peixe-leão, mas com este peixe não se brinca”, alerta o diretor do Parque, Fernando Repinaldo.

Páginas