Foto: reprodução

As ligações locais e de longa distância nacional feitas a partir de orelhões da Oi permanecerão gratuitas até 31 de março de 2019 em 11 estados do país. A determinação é da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em razão do não cumprimento de obrigações por parte da concessionária. A medida vale para oito estados da Região Nordeste (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte) e três da Região Norte (Pará, Amazonas e Amapá). A punição é uma extensão de pena aplicada a Oi pela Anatel em outubro do ano passado. Após fiscalização que constatou que o percentual de orelhões em condições de operação não atingiu os patamares estabelecidos pela agência, que deve ser de, no mínimo, 90% em todas as unidades da Federação e de no mínimo 95% nas localidades atendidas somente por orelhões, a Oi foi responsabilizada. Na ocasião, a agência liberou as ligações locais em 15 estados. Em março deste ano, após nova fiscalização, a agência manteve a punição desta vez para 12 estados, determinando que o encerramento da punição para dia 30 de setembro.

Foto: Reprodução / Multishow

A cantora Simone se despediu dos palcos neste domingo (30), durante show no Festival Canta Nitorói. Ela ficará temporariamente afastada dos shows por conta da doença da irmã, Simaria.  Visivelmente emocionada, Simone mal conseguiu cantar as últimas músicas da apresentação. Como se sabe, Simaria anunciou que ficará afastada por conta de um tratamento contra uma tuberculose. No primeiro afastamento da irmã, Simone decidiu seguir com a agenda de shows. Desta vez, no entanto, ela quis também fazer uma pausa na carreira da dupla.

Foto: reprodução / Destaque Bahia

Por Destaque Bahia, 

Um grave acidente ocorrido na noite de domingo (30), deixou duas vítimas fatais na BA-148, próximo a cidade de Jussiape, na Chapada Diamantina. De acordo informações passadas a nossa redação, as vítimas viajavam em um veículo Cross Fox com mais dois ocupantes quando o condutor teria perdido o controle da direção e capotado. Ainda segundo informações, a brumadense Riane Mendes Andrade e um homem identificado como Antônio Carlos foram lançados para fora do carro, vindo a óbito no local. Os demais envolvidos no acidente foram socorridos por unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e ainda não há informações sobre seus estados de saúde. O Departamento de Polícia Técnica esteve no local realizando a remoção dos corpos para o IML de Brumado.

Foto: reprodução / G1

O governo do estado considerou “grave” a decisão que permitiu a 300 presos a sair do regime semiaberto para o de prisão domiciliar. Segundo a secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização, o Estado não conseguirá monitorar os custodiados por falta de tornozeleiras eletrônicas suficientes. A Seap diz ainda que está em andamento uma licitação que prevê a compra de 3,2 mil tornozeleiras para serem usadas na capital e interior baiano. A pasta também declarou que vai procurar o Ministério Público, o Tribunal de Justiça e a Procuradoria Geral do Estado para recorrer da decisão. Nesta quinta-feira (27), um sentença do juiz Waldir Viana Ribeiro Júnior, titular da Vara de execuções penais de Feira de Santana, autorizou a liberação de 320 detentos do regime semiaberto do Conjunto Penal de Feira de Santana (ver aqui). Conforme o juiz, houve descumprimento de itens exigidos no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pelo Ministério Público e pela Secretaria Estadual de Ressocialização. Entre os pontos não cumprido está a não separação nas celas entre condenados do regime semiaberto com os do regime fechado. As informações são do Bahia Notícias. 

Foto: reprodução

A Bahia concentra um total de 586.333 títulos eleitorais cancelados e é o estado brasileiro em que esse índice é o maior. Metade dos títulos de eleitor cancelados em todo o Brasil está concentrada em cinco estados. O segundo estado com o maior número é São Paulo (375.169), seguido pelo Paraná (257.941), Ceará (234.487) e Goiás (219.426). Os estados da Região Norte foram os que menos registraram cancelamentos de títulos, porém, esses estados também concentram um menor número de eleitores. Roraima, por exemplo, teve 12.214 cancelamentos, seguido do Acre com 13.564 títulos anulados. Conforme dados da Justiça Eleitoral, no total, 3.368.447 eleitores não vão votar nas eleições de outubro porque não compareceram aos cartórios eleitorais nos municípios em que houve o recadastramento para identificação biométrica ou devido a outras restrições.

Páginas