Foto: Capital da Chapada

A cidade de Barra da Estiva nos últimos anos tem tido um aumento considerável no índice de violência, isso muito por conta da falta de investimentos na segurança pública. Segundo moradores da cidade que entraram em contato com nossa reportagem, a cidade hoje conta somente com dois policiais e a viatura da cidade está com o motor batido a dois meses. Na noite da última terça-feira a situação de calamidade ficou ainda mais evidente depois que um elemento armado invadiu a casa do professor no intuito de realizar um roubo de uma motocicleta, o que acabou de forma trágica já que Zé Márcio, como era conhecido, veio a óbito a caminho do hospital. A população ficou indignada com o ocorrido já que o professor era querido por todos. Além deste caso outros assaltos que acontecem diariamente foram relatados e o pedido e aumento no efetivo, já que a cidade de Barra da Estiva convive hoje com uma falta de segurança assustadora. Na cidade durante a manhã desta quinta-feira (08) uma passeata foi realizada com o pedido de paz e mais segurança.

Foto: Reprodução/ WhatsApp

Um incêndio foi registrado na noite de quarta-feira (21) na fábrica Itaguarana, a qual fica instalada as margens da BA-142 no município de Ituaçu. Segundo boatos o incêndio foi iniciado por protesto contra a empresa que demitiu vários funcionários e está em atraso com suas obrigações trabalhistas, porém ainda este fato não foi confirmado pelas autoridades competentes. A empresa está sem operar desde o final do último ano, por conta de uma crise que atingiu a empresa dententora da Itaguarana. Segundo informações, a fabrica deverá retornas as atividades ainda neste ano de 2018.

Foto: Nonato Lobo

Uma decisão autoritária da Prefeitura de Rio de Contas, as vésperas do carnaval, pegou de surpresa os moradores da cidade e turistas e pode por em cheque a qualidade do carnaval neste ano de 2018. Na noite desta terça-feira (30), a prefeitura convocou uma reunião pedindo o comparecimento de moradores e comerciantes, onde  comunicou a mudança no circuito de passagem de carros. Até 2017, os carros passavam aos fundos da Igreja de Pedra e da Igreja Matriz, descendo o Largo do Rosário em direção a Praça do Landin e seguindo até a Rua Sete de Setembro. Agora o novo circuito é pela estrada que da acesso a Barragem Luiz Viera, trecho considerado de difícil acesso e perigoso para trafegar principalmente a noite, já que não há iluminação e nem terá segurança policial. Outro questionamento da população é quanto estacionar os carros em alguns lugares do circuito. Donos de hotéis  serão os mais prejudicados, já que segundo o informe, será terminantemente proibido estacionar carros, dentro do circuito, mesmo que para descarregar algo. A decisão desagradou a todos que se sentiram apunhalados pelas costas já que faltando menos de 15 dias para a realização do evento, o comunicado foi feito, e para piorar a situação, a população não pode opinar na decisão. A informação é de que todo e qualquer carro deverá ser colocado em estacionamento, ou seja mais dinheiro será gasto pelo folião, e quem ganhará com isso é a Prefeitura da cidade. Após o anuncio turistas já pensam duas vezes em ir para a cidade. Populares que alugaram casas para este período, estão com medo já que foliões podem não comparecer para cumprir com o contrato de locação formalizado para o período de carnavalesco. O atual panorama é nebuloso  quanto a qualidade do carnaval em Rio de Contas em 2018, principalmente porque uma certeza já se tem, que é a revolta da população, turistas e comerciantes.

Por Nonato Lobo, direto de Rio de Contas

Foto: Cleide Neves

Um menino de 10 anos, natural de Guanambi, no sudoeste da Bahia, que foi diagnosticado com rins policísticos e fibrose hepática quando tinha oito meses de nascido, vai realizar no dia 1º de dezembro, em Salvador, uma exposição com quadros que ele pinta. O objetivo da mostra, que acontece no Hotel São Salvador, no bairro do Stiep, às 18h, é arrecadar fundos para cobrir os gastos da cirurgia de transplante de rins que ele terá que fazer. Segundo Cleide Vieira Neves, mãe de Daniel Neves, serão cerca de 60 quadros, todos desenhados e pintados pelo menino. De acordo com o G1, os preços variam entre R$ 55 e R$ 100. Cleide conta que era comerciante, mas largou o trabalho para cuidar do filho. “Com oito meses, ele foi diagnosticado com rins policísticos e fibrose hepática. A gente ficou fazendo acompanhamento no Roberto Santos e no Hospital das Clínicas, investigando, e aí passaram oito anos quando, em 2015, os rins pararam e ele teve que fazer hemodiálise”, conta. Ela disse que, em março de 2016, após o início das hemodiálises, eles se mudaram para Salvador e que, desde então, Daniel está sem ir para escola. “Em 2016 eu ainda cheguei a matricular ele, mas ele ficava fraco demais, não aguentava”.

Autor: Achei Sudoeste

Na manhã desta sexta-feira (24), o governador Rui Costa faz uma visita guiada com a imprensa à policlínica regional de saúde do Alto Sertão 4m Guanambi. A unidade será inaugurada às 16h. O secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas Boas falou sobre o equipamento. "Essa policlínica vai abranger 22 municípios e cerca de 500 mil pessoas serão atendidas aqui em todas as especialidades médicas e complementares. Entre as especialidades estão cardiologia, neurologia, gastroenterologia, dermatologia, nefrologia, urologia, ginecologia", enumerou. Os municípios que compõem o consórcio de saúde e serão atendidos pela policlínica são: Caculé, Caetité, Candiba, Carinhanha, Feira da Mata, Guanambi, Ibiassucê, Igaporã, Iuiu, Jacaraci, Lagoa Real, Licínio de Almeida, Malhada, Matina, Mortugaba, Palmas de Monte Alto, Pindaí, Riacho de Santana, Rio do Antônio, Sebastião Laranjeiras, Tanque Novo e Urandi.

Páginas