Foto: Dáriston Cléber/ Divulgação

Uma severa e urgente investigação relacionada aos eventos juninos realizados pelas prefeituras da região deve ser realizada pelo Ministério Público Estadual, isso é o que pede grande parte da população de algumas cidades, já que a muito tempo, altos caches vem sendo pagos a artistas em determinadas festas, e em outros eventos no mesmo período o valor é menor. O último caso que explodiu como uma bomba, está relacionada a contratação da Banda Calcinha Preta no São João de Livramento de Nossa Senhora pelo valor de R$ 98.000,00 e logo em seguida a mesma banda se apresentará no São Pedro em Aracatu, pelo valor de R$ 28.000,00. Vários veículos de comunicação da região repercutiram o caso, e até o empresário Guto Rodrigues, da Axemais Entretenimento Eireli , foi contatado, e negou que a Banda Calcinha Preta estaria contratada para se apresentar no São Pedro de Aracatu. Segundo ele, o município chegou a acionar a sua produtora com o intuito de contratar o grupo musical para os festejos, mas a contratação não se efetivou, sendo inverídico o que foi divulgado no Diário Oficial daquela cidade. O que deixou muita gente com "pulga atrás da orelha" é que a banda aparece no cartaz do evento, e ainda em um vídeo convidando o público para o show da banda na referida cidade. Procurado para dar explicações sobre o fato a Prefeitura de Aracatu, por meio do Secretário de Cultura, Mateus Jacson, não deu nenhuma explicação sobre o fato do empresário negar que a banda se apresentaria no Arraiá do Gererê. A prefeitura de Livramento de Nossa Senhora, que foi também envolvida por conta do alto valor pago, ainda não se pronunciou.

Tiago Iorc e Humberto Gessinger são as duas novas atrações estão confirmadas para o palco principal do Festival de Inverno Bahia 2017 (FIB), que acontece nos dias 25, 26 e 27 de agosto, no Parque de Exposições Teopompo de Almeida, em Vitória da Conquista, no sudoeste do estado. O artista Tiago Iorc de estreia na sexta-feira, 25. No sábado, 26, retorna ao FIB o cantor e compositor Humberto Gessinger. Os recém-anunciados terão a companhia de Ivete Sangalo, na sexta, 25; as bandas O Rappa e Raimundos, sábado, 26; e a cantora Anitta, que fará show no domingo, 27.
Brasiliense criado no exterior, Tiago Iorc é um artista que vê o público crescer a cada turnê. O novo disco, “Troco Likes”, tem repertório 100% autoral e é o primeiro trabalho completamente em português. Para o sábado à noite, sobe ao palco o guitarrista, cantor e compositor Humberto Gessinger. Esta é a quarta vez que ele participa do Festival de Inverno Bahia.
A produção do Festival de Inverno Bahia é assinada pela Icontent, empresa de entretenimento da Rede Bahia, em parceria com a TV Sudoeste, e tem patrocínio master da Fainor e apoio do Colégio Opção, Unopar e Ballantine’s, que, respectivamente, assinam o Barracão Universitário OPÇÃO, a Arena Eletro-Rock UNOPAR e o Camarote Ballantine’s (VIP).
Ingressos
O passaporte do camarote para os três dias de festa custa R$ 325,00. Já o passaporte para o Camarote Open Prime varia de R$ 570,00 a R$ 620,00. O passaporte de Arena sai por R$ 240,00 e o valor individual pode ser adquirido por R$ 100,00. Os ingressos podem ser adquiridos online e em espaços físicos: em Vitória da Conquista, na Loja Taco (Av. Olívia Flores); e, em Salvador e Feira de Santana, nos Balcões Ticketmix.
A banda Calcinha Preta, que se apresentou durante os festejos juninos na cidade de Livramento de Nossa Senhora, volta a região, desta vez para o São Pedro de Aracatu, no tradicional Arraiá do Gererê. O fato que chamou atenção de todos, foi o valor pago pelas duas prefeituras pelo mesmo show da banda. Segundo o diário oficial, a cidade de Livramento, por meio da empresa AXEMAIS ENTRETENIMENTO EIRELI pagou R$ 98.000,00. Já a prefeitura de Aracatu, por meio da mesma empresa, irá pagar somente o valor de R$ 28.000,00. O valor assustou muitas pessoas, visto a grande diferença no valor pago que ultrapassa a casa do 50 mil reias. Em Brumado, a noticia repercutiu bastante, já que o prefeito de Livramento, Ricardinho, garantiu ter dinheiro suficiente para bancar uma UTI no município, uma internauta na rede social disse "Livramento deve mesmo estar nadando em dinheiro né, quer leva a UTI e ainda paga 70 mil a mais pra Calcinha Preta". Agora muito provavelmente empresa e Prefeitura de Livramento deverão explicar o porque da grande diferença paga pelo mesmo show.
A VLI, empresa que administra a Ferrovia Centro-Atlântica, informa que registrou por volta das 18h30 desta terça-feira (27), uma colisão com um de seus trens em uma passagem em nível em Guajeru, a cerca de 60 km de Brumado (BA). A composição já havia passado pelo cruzamento quando foi atingida em uma das locomotivas por uma motocicleta. Após o impacto, o maquinista parou o trem e desceu para verificar o que havia ocorrido. Equipes da empresa acionaram a Polícia Militar e o Samu, que constatou o óbito do motorista e fez o atendimento do garupa, que foi encaminhado a hospital local. A VLI destaca que mantém campanhas constantes ao longo do ano com o objetivo de orientar comunidades sobre a importância de manter um comportamento seguro em relação aos trilhos. Um trem carregado é um veículo muito pesado e pode levar até 1km até parar completamente após o acionamento dos freios. Por isso, conforme indica o Código de Trânsito Brasileiro (art. 29), o veículo sobre os trilhos tem preferência de passagem nos cruzamentos, que são sinalizados com placas que alertam motoristas e pedestres sobre a circulação de trens. Deixar de parar o carro antes de transpor a linha férrea é infração gravíssima.
Foto: Reprodução/ WhatsApp
Na noite desta segunda-feira (26) na cidade de Malhada de Pedras, em uma estrada vicinal da comunidade de Água Branca, um acidente que vitimou um jovem estudante identificado como Jamilton Rocha Silva, menos de 24 horas depois, as estradas de Malhada de Pedras fizeram mais uma vítima fatal. Trata-se de Daniel Magalhães, de 18 anos, natural de Guajeru, o qual seguia de motocicleta pela BA-148, trecho que liga as cidades de Malhada de Pedras a Guajeru com um amigo. Ao cruzar a linha férrea Daniel chocou a motocicleta que conduzia com o trem de ferro que fazia o trajeto naquele momento. Com o impacto Daniel não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local. Elder teve fratura exposta no braço e foi encaminhado pela equipe do SAMU-192, para o Centro de Saúde de Malhada de Pedras. A Polícia foi acionada para a realização da perícia. O corpo deverá ser encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Brumado para exame de necropsia e posteriormente ser liberado aos familiares para a realização do sepultamento.

Páginas