Foto: reprodução

O Índice de Confiança Empresarial, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), cresceu 1 ponto entre julho e agosto deste ano. Com essa, que foi a segunda alta consecutiva, o indicador chegou a 85,8 pontos, em uma escala de 0 a 200, e recuperou 80% da perda de 2 pontos observada em junho. O aumento foi provocado por altas no Índice da Situação Atual, que mede a confiança dos empresários no momento presente e que subiu 1 ponto (chegando a 81,3 pontos), e no Índice de Expectativas, que cresceu 0,5 ponto (chegando a 92,2 pontos). Segundo a FGV, “depois do período de consistentes altas nos cinco primeiros meses do ano, a confiança empresarial sofreu um choque negativo em junho, após a crise política, e agora retorna ao nível de maio passado”.

Panieri Atacarejo, bom negócio todo dia!

Na Panieri Atacarejo o seu dinheiro rende muito mais, pois os preços são incriveis no varejo e inacreditáveis no atacado. Os preços praticados na Panieri são ótimos para as donas de casa e melhores ainda para os donos de comércios que compram para revender. A Paniere Atacarejo fica localizada na Rua Coronel Paulino Chaves, nº 390, centro (Praça do Jurema), em Brumado e fica aberto aos domingos e feriados. Panieri Atacarejo, Lucro para quem é dono de comércio e economia para as donas de casa. Para maiores informações entre em contato atráves do telefone; (77) 3441-2152. 

Foto: reprodução

Influenciada pelo aumento da informalidade no mercado de trabalho, a taxa de desocupação do país caiu 0,8 ponto percentual, em relação ao trimestre encerrado em abril e fechou o período maio a julho deste ano com taxa de desemprego de 12,8%. Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados hoje (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que indica ainda que o país tem 13,3 milhões de desempregados, No trimestre imediatamente anterior, encerrado em abril, a taxa de desemprego havia sido de 13,6%. Na comparação com o mesmo trimestre móvel do ano anterior, houve alta de 1,2 ponto percentual na desocupação. Os dados representam uma queda de 5,1% no desemprego frente ao trimestre anterior (menos 721 mil pessoas). Mas o desemprego cresceu 12,5% (mais 1,5 milhão de pessoas) no confronto com igual trimestre de 2016. A população ocupada do país em julho era de 90,7 milhões de pessoas, aumento de 1,6% em relação ao trimestre encerrado em abril. O dado atual não apresenta alteração em relação ao mesmo trimestre de 2016.

Foto: Se liga Brumado

A Polícia Civil apreendeu na última quarta-feira (30) cerca de 16 fardos de arroz que podem ter origem ilícita. Os produtos bem como o proprietário do estabelecimento foram encaminhados para a delegacia. Ainda não se sabe ao certo o motivo da apreensão pois o caso está sob investigação. A qualquer momento mais informações sobre o caso. 

Na sessão da última segunda-feira, 28 o vereador e presidente da Câmara de Vereadores de Brumado, Léo Vasconcelos apresentou dois Projetos de Resolução visando a concessão de títulos de cidadão brumadense ao Sr. Lourival Almeida Trindade e ao comunicador Daniel machado Simurro. Em sua justificativa o parlamentar destacou que os títulos visam o reconhecimento por trabalhos prestados à comunidade brumadense, dando a esses cidadãos a congratulação através da cidadania brumadense.  

Daniel Machado Simurro reside em Brumado há vinte anos, sendo natural da cidade de São Paulo, hoje é editor e redator de vários veículos de comunicação na microrregião, com destaque a sua atuação na área jornalística. Outro projeto de autoria do vereador é destinado ao desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia, Dr. Lourival Almeida Trindade. Com extenso currículo, o ilustre homenageado exerceu a advocacia por vários anos, com militância expressiva na Comarca de Brumado, onde sempre foi enaltecido por sua conduta ética e moral irretocável, além do diferenciado conhecimento jurídico e cultural – destacados em toda Bahia, foi Conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Baiana, 2001/2003, tendo decisivo e atuante papel de conciliação e fortalecimento da Subseção da OAB-Brumado.

Foto: Divulgação

A união faz a força, isso é um ditado incontestável, mas quando a união é composta pela credibilidade, alegria e pela dedicação, ela fica ainda mais sólida. Essa foi a fundamentação para a celebração de uma parceria inédita na área do entretenimento regional, sendo formada por 3 conceituados promoters, Beto Bonelly, Gilson Porto e Ney Trindade, que estão se unindo para fazer história mais uma vez em Brumado e região. Desta feita o planejamento já foi estabelecido e um grande evento já foi acertado que será o "Brumado Sunset" um mega show que terá grandes nomes da música nacional e oferecerá uma estrutura gigantesca e uma logística nunca vista em eventos do gênero na região. O nome "Sunset", que traduzido para o português significa pôr do sol e foi escolhido de forma criteriosa, já que a festa acontecerá no auge do verão, tendo o seu início exatemente no momento em que o astro-rei estará se pondo na Serra das Éguas, dando um tom cósmico ao evento. A data já está acertada, dia 23 de dezembro e o cenário será o Parque de Exposições Gilson Brito em Brumado. O "trio de ouro da alegria" como já foi batizado, os quais representam a Só Legal, Ney Eventos & Empreendimentos e Beto Bonelly Produções, já está elaborando o grande plano de mídia e as atrações deverão ser divulgadas em breve. Então preparem as tuas emoções, pois o seu final de ano ficará marcado pelo alto astral de um evento que entrará para a história do entretenimento regional.

Foto: reprodução

Estão abertas as inscrições para os cursos de Design de Sobrancelhas, Manicure, Cabeleireiro, Auto Maquiagem, Massagem Relaxante, Depilação, Corte, escova e Colorimetria. Interessados ligar para fone: (77) 9.9820-3092 , falar com Marineide.

Foto: reprodução

Foi divulgado nesta quarta-feira (30) o resultado provisório da prova objetiva para ingresso na Polícia Militar da Bahia (PMBA) e no Corpo de Bombeiros Militar da Bahia. A publicação está disponível em caderno especial no Diário Oficial do Estado (DOE) e integra o cronograma do concurso público para ingresso nas duas carreiras. A prova foi aplicada no dia 6 de agosto, em Salvador e em outros 12 municípios do interior. Mais informações podem ser obtidas no Portal do Servidor (www.portaldoservidor.ba.gov.br) e no site da organizadora do certame, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (www.ibfc.org.br). De acordo com a publicação, 29.369 candidatos estão habilitados na primeira etapa do certame. Deste total, 26.192 concorrem a uma das duas mil vagas ofertadas para a Polícia Militar e 3.177 disputam as 750 vagas para o Corpo de Bombeiros Militar. Todos os candidatos que participaram do certame poderão fazer vistas à folha de respostas da prova objetiva, podendo interpor recurso no prazo de dois dias úteis a contar do dia da publicação do resultado provisório no site da organizadora do certame. O resultado das interposições será divulgado no Portal do Servidor e no site do IBFC. O concurso recebeu 141.878 inscrições, sendo 18.066 para o Corpo de Bombeiros e 123.812 para a Polícia Militar. Este é o maior concurso já realizado pelo Estado na área de segurança, sendo o primeiro para o Corpo de Bombeiros após reformulação no comando e dissociação da Polícia Militar. Elaborado conjuntamente pela Saeb e pelos Comandos Gerais, o edital foi publicado em 10 de maio e terá validade de um ano, prorrogável por igual período. A próxima etapa será a correção da prova discursiva, também realizada no dia 6 de agosto. O resultado final do certame têm previsão de ser publicado em 29 de setembro. Uma vez habilitado para o curso de formação, seja da Polícia Militar ou do Corpo de Bombeiros Militar, o candidato vai ingressar no quadro das corporações como aluno soldado, recebendo bolsa de R$ 937 durante o curso de formação. Quando tiver concluído o curso e, posteriormente, lotado na região de sua escolha, o soldado da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar terá carga horária de 40 horas semanais. A remuneração, composta de soldo e gratificação, é de R$ 3.019 (40h) tanto para a Polícia Militar como para o Corpo de Bombeiros. Clique e veja.

Foto: Mateus Pereira/ GOVBA

O problema da falta de insulina, substância importante para controlar a glicose no sangue de pessoas com diabetes, para pacientes no Brasil fez com que a Bahia assumisse o compromisso de abastecer 50% da demanda do Sistema Único de Saúde (SUS) pelo medicamento. O território baiano vai passar a contar com a única fábrica de insulina do Nordeste e uma das poucas do mundo. Com investimento de R$ 250 milhões, a unidade terá capacidade de produzir 25 milhões de frascos por ano, 10 milhões a mais do que a quantidade produzida na Ucrânia.  “É bom para a saúde dos brasileiros, para a economia brasileira. O Ministério da Saúde passa a fazer a aquisição por um preço muito melhor, facilitando o acesso aos medicamentos por milhares de pessoas que necessitam da insulina para levar uma vida normal. Sem dúvida, é um passo importante para a saúde pública do Brasil”, ressalta o governador Rui Costa, durante a primeira agenda oficial da sua terceira missão internacional. A expectativa é que já em novembro, o governo baiano, através da Bahiafarma, comece a entregar para o Ministério da Saúde a insulina comprada pronta da empresa ucraniana Indar, com quem o governo estadual firmou compromisso de transferência tecnológica e implantação de uma fábrica nas proximidades do Centro Industrial de Aratu. “É uma parceria para a gente começar a produzir insulina no território baiano. A gente começa importando, e depois terá a transferência de tecnologia. É mais emprego, inovação e desenvolvimento”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Jaques Wagner. O projeto de produção de insulina da Bahiafarma foi aprovado pelo Ministério da Saúde em agosto deste ano, por meio da Portaria 1.993, publicada no Diário Oficial da União. Com a publicação, o laboratório público do Estado da Bahia passou a estar apto a fornecer o medicamento ao Sistema Único de Saúde (SUS). “A insulina determina uma cadeia tecnológica importante que pode ser usada pela população. É algo marcante para o nordeste brasileiro e para a Bahia, pois é a primeira vez que vamos produzir imunobiológicos desta natureza”, destaca o presidente da Bahiafarma, Ronaldo Dias.   De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), o Brasil é o quarto país com maior prevalência da doença, que mata uma pessoa a cada 13 segundos no mundo. Somente no Brasil, os portadores de diabetes Tipo 1, dependentes regulares de insulina, representam um total de 600 mil pessoas. Na Bahia o número também assusta, com o registro de 204 mil baianos com a doença, sendo 13,3 mil apenas em Salvador. Embora não tenha cura, o diabetes, doença caracterizada pela elevação de glicose no sangue, pode ser controlado. Com sede em Salvador, e com capilaridade em todo o estado, o Centro de Diabetes e Endocrinologia do Estado da Bahia (Cedeba) atende cerca de mil pacientes todos os dias, com uma equipe multidisciplinar que faz o acompanhamento da doença. O centro atende pacientes referenciados pela rede de atenção básica para tratamento especializado. “Atendemos pacientes encaminhados por outras unidades de saúde, com complicações provenientes do diabetes. Ele faz a consulta com o endocrinologista e pode ser encaminhado para um oftalmologista, cardiologias, angiologista, entre outros profissionais”, explica a endocrinologista, Flávia Rezedá, coordenadora técnica do Cedeba.  O diabetes é uma doença crônica, cujo distúrbio do aumento de glicose no sangue acontece porque o pâncreas não é capaz de produzir a insulina em quantidade suficiente para suprir as necessidades do organismo. A insulina promove a redução da glicemia ao permitir que o açúcar que está presente no sangue possa penetrar nas células, para ser utilizado como fonte de energia. Quando isso não acontece, o paciente passa a ter uma cicatrização lenta, desenvolver problemas como a perda da visão, audição, coração, rins, além de correr risco de óbito.

 

Mais uma Edição da Mini Corrida Rústica do Campo Seco acontecerá no dia 10 de setembro e promete fortes emoções, reunindo centenas de crianças com idades entre 2 e 12 anos. O evento é organizado pelo maratonista Sérgio Pinheiro e Associação de Moradores do Campo Seco. Segundo Serginho, O evento tem como objetivo promover o incentivo para a prática de esportes.

 

Foto: José Cruz/Agência Brasil

O Brasil já tem 207 milhões, 660 mil e 929 de habitantes, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados hoje (30) no Diário Oficial da União. No ano passado, o levantamento anual do IBGE indicava uma população de 206,08 milhões de brasileiros. São Paulo permanece na liderança como o estado mais populoso com 45 milhões, 94 mil e 866 habitantes. No ano passado, a população paulista era formada por 44,75 milhões de habitantes. Mais cinco estados têm população acima de 10 milhões de habitantes: Minas Gerais (21.119.536),  Rio de Janeiro (16.718.956), Bahia (15.344.447), Rio Grande do Sul (11.322.895) e Paraná (11.320.892). O Distrito Federal (DF) que, no ano passado, tinha 2,98 milhões de habitantes, agora tem mais de 3,039 milhões de pessoas. Acre (829,6 mil), Amapá (797,7mil) e Roraima (522,6 mil) são os estados que registram população inferior a 1 milhão de habitantes.

Foto: reprodução

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) registrou 1.573.862 inscritos para a edição de 2017, segundo balanço divulgado hoje (29) pelo Ministério da Educação. Direcionado a jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de concluir estudos em idade própria, o exame será aplicado no dia 22 de outubro em 564 municípios localizados em todas as unidades federativas. A participação é permitida para pessoas com, no mínimo, 15 anos de idade, para quem busca a certificação do ensino fundamental; e 18 anos para quem quer concluir ensino médio. Segundo o ministro da Educação, Mendonça Filho, esses exames têm “grande importância social”, ao possibilitar que os cidadãos busquem cursos profissionais ou empregos de melhor qualidade. “Além disso, representa a possibilidade de dar mais dignidade e respeito à pessoa humana. Na prática, significa inclusão social”, completou. No caso do ensino fundamental, foram registradas 301.583 inscrições. Desse total, cerca de 71,6 mil têm entre 31 e 40 anos; 152.290 são mulheres; e 149.293 são homens. Ainda segundo o balanço, 132.263 candidatos se autodeclararam pardos; 117.592, brancos; 34.433, pretos; 4.994, amarelos; 2.114, indígenas; e 10.187 não quiseram se autodeclarar. Para o ensino médio foram 1.272.279 inscrições. Desse total, 387.697 têm entre 23 e 30 anos. “O número de mulheres que se inscrevem (637.281) continua sendo maior, na comparação com os homens (634.998)”, explicou a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini. Ainda segundo o balanço relativo ao ensino médio, 556.132 candidatos se autodeclararam pardos; 494.138 se declararam brancos; 150.489, pretos; 24.465, amarelos; 7.657, indígenas; e 39.398 optaram por não se autodeclarar. Tendo por base dados do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística, a secretária executiva do MEC, Maria Helena Castro, disse que, do total da população brasileira, 55% com idade entre 15 e 55 anos não têm curso fundamental completo. Por isso, acrescentou, “apesar de os números apresentados hoje serem significativos, podem ser melhorados”, afirmou. O estado que registrou o maior número de inscritos para a obtenção de certificado de ensino médio foi São Paulo (233.056), seguido de Minas Gerais (123.626); do Paraná (119.963); Rio de Janeiro (117.024); e Rio Grande do Sul (105.747). São Paulo foi também o estado com mais inscritos para o ensino fundamental (50.487), seguido do Rio Grande do Sul (33.642); Paraná (30.639); de Minas Gerais (29.107); e do Rio de Janeiro (19.942). Pessoas privadas de liberdade e jovens que cumprem medida socioeducativa poderão fazer o Encceja nos dias 24 e 25 de outubro. Para brasileiros residentes no exterior, a prova será no dia 10 de setembro. Residentes no exterior, privados de liberdade ou que cumprem medidas socioeducativas, farão os exames entre 11 e 22 de setembro. Segundo a presidente do Inep, o MEC tem recebido pedidos de muitas embaixadas para ampliar o número de países onde o exame é aplicado. “Estamos totalmente à disposição”, disse ela. O exame consiste em quatro provas objetivas, cada uma com 30 questões de múltipla escolha, e uma proposta de redação. Para obter o certificado ou declaração de proficiência, o participante deve completar, no mínimo, 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento. Até o ano passado, os estudantes com mais de 18 anos poderiam usar o desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para receber o diploma do ensino médio. Agora, a certificação será feita exclusivamente pelo Encceja.

Páginas